sicnot

Perfil

Desporto

Jorge Mendes é o segundo agente desportivo mais poderoso do mundo

O português Jorge Mendes é o segundo agente desportivo mais poderoso do mundo, com 950 milhões de dólares (848,5 milhões de euros) em transações ativas envolvendo jogadores, noticia a revista norte-americana Forbes.

(Arquivo)

(Arquivo)

SIC

De acordo com a publicação, através da empresa Gestifute, o 'superagente' Jorge Mendes "representa alguns dos nomes mais notáveis" do futebol europeu, entre os quais o português do Real Madrid Cristiano Ronaldo.

"O mercado europeu (...) com as suas comissões sem restrições e comissões de transferência que rapidamente aumentam de valor, permitiram a Mendes negociar mais de 950 milhões de dólares [848,5 milhões de euros] em transações envolvendo jogadores, de que resultaram pelo menos 95 milhões de dólares [85 milhões de euros]", pode ler-se no artigo.

No artigo intitulado "Os agentes desportivos mais poderosos do mundo 2015", é ainda referido o facto de Jorge Mendes representar o avançado português Cristiano Ronaldo, bem como o seu colega de equipa James Rodríguez, além de Ángel Di María (Paris Saint Germain) ou Diego Costa (Chelsea).

"Mendes é tão apreciado por Ronaldo que a estrela de futebol comprou-lhe uma ilha grega como presente de casamento neste verão", apontam.

O agente desportivo em primeiro lugar na lista da Forbes é o norte-americano Scott Boras, que averbou 2,3 mil milhões de dólares (cerca de dois mil milhões de euros) com transações de jogadores da "Major League Baseball" (MLB), a liga de beisebol norte-americano, alcançando 117 milhões de dólares em comissões (104,5 milhões de euros).

A revista norte-americana divulgou também hoje uma lista das agências desportivas mais poderosas do mundo, na qual a Gestifute de Jorge Mendes surge em sexto lugar.

Em primeiro lugar na lista das maiores agências está a Creative Artists Agency (CAA), que tem em carteira mais de 6,4 mil milhões de dólares (5,7 mil milhões de euros) em contratos ativos de jogadores, de que resultaram 260 milhões de dólares (232 milhões de euros) em comissões.

Lusa

  • Jorge Mendes defende Cristiano Ronaldo
    1:25

    Cristiano Ronaldo

    Numa entrevista concedida ontem à radio espanhola Cadena SER, o empresário garante que Cristiano Ronaldo estava muito aborrecido com a derrota do Real Madrid mas, por consideração aos 150 convidados, não cancelou a festa de aniversário. Jorge Mendes criticou ainda o cantor colombiano Kevin Roldán por ter divulgado imagens de um evento privado.

  • Portugal a tremer de frio
    3:07

    País

    Portugal continua a registar temperaturas negativas, sobretudo no Norte do país. Em Trás-os-Montes, por exemplo, marcaram mínimas de 11 graus abaixo de zero e os termómetros desceram tanto que congelaram rios, canalizações de água e até aquecimentos de escolas. Mas nem tudo é mau pois os produtores falam em boa época para curar fumeiro.

  • Michelle Obama partilhou momento de despedida da Casa Branca
    1:43
  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Podem as plantas ver, ouvir e até reagir?

    Mundo

    Um professor de Ciências Vegetais da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, passou quatro décadas a investigar as relações entre vegetais e insetos. Na visão de Jack Schultz, as plantas são "como animais muito lentos", que conseguem ver, ouvir, cheirar e até têm comportamentos próprios.

  • Zoo da Indonésia acusado de querer matar ursos à fome

    Mundo

    Um grupo de ativistas da Indonésia acusa o Jardim Zoológico de Bandung de estar a matar à fome os seus animais, incluindo os ursos-do-sol, para ser fechado. Um vídeo recentemente publicado mostra os ursos, que aparecem muito magros e a implorar por comida.