sicnot

Perfil

Desporto

Jason Richardson deixa a NBA aos 34 anos

Jason Richardson, considerado um dos maiores especialistas em 'afundanços' na Liga Norte-americana de Basquetebol (NBA), anunciou na quarta-feira que vai abandonar os pavilhões, aos 34 anos.

Em 14 temporadas na NBA, Jason Richardon, que nunca conquistou um 'anel' de campeão, registou uma média de 17,1 pontos e 2,7 assistências por jogo. (Arquivo)

Em 14 temporadas na NBA, Jason Richardon, que nunca conquistou um 'anel' de campeão, registou uma média de 17,1 pontos e 2,7 assistências por jogo. (Arquivo)

© Tim Shaffer / Reuters

"Hoje [quarta-feira], é um momento agridoce para mim. Estou a anunciar que vou abandonar o basquetebol profissional. Ir embora foi das decisões mais difíceis que tomei, mas prevaleceram a minha saúde e a minha família", escreveu o base na sua conta oficial no Instagram.

Richardson, que venceu dois concursos de 'afundanços', em 2002 e 2003, estreou-se na NBA em 2001, ao serviço dos Golden State Warriors, clube que representou até 2007.

Seguiu-se depois uma temporada com a camisola dos Charlotte Bobcats, transferindo-se posteriormente para os Phoenix Suns, onde permaneceu até 2010.

Nesse mesmo ano, assinou pelos Orlando Magic, encerrando a carreira com o emblema dos Philadelphia 76ers, clube a chegou em 2012.

Em 14 temporadas na NBA, Jason Richardon, que nunca conquistou um 'anel' de campeão, registou uma média de 17,1 pontos e 2,7 assistências por jogo.

Lusa

  • O último adeus às vítimas da tragédia de Vila Nova da Rainha
    1:37

    País

    As cerimónias fúnebres das oito vítimas mortais do incêndio na Associação de Vila Nova da Rainha realizaram-se esta terça-feira. Três delas ocorreram em simultâneo na povoação do concelho de Tondela que, no passado sábado, viu a tragédia bater-lhe à porta.

  • Fóssil humano mais antigo encontrado em Portugal entregue ao Museu de Arqueologia
    3:42

    País

    O mais antigo fóssil humano até hoje encontrado em Portugal, o "Crânio da Aroeira", foi entregue no Museu Nacional de Arqueologia, em Lisboa. Em 2014, o fóssil foi encontrado pela equipa do arqueólogo João Zilhão perto de Torres Novas e foi restaurado e estudado na Universidade Complutense de Madrid, durante dois anos e meio.

  • De "lambe rabos" a "labrego", a polémica entre Rodolfo Reis e Bruno de Carvalho
    1:30
  • O Futuro Hoje na maior feira eletrónica de consumo do mundo
    5:14