sicnot

Perfil

Desporto

Fiorentina, de Paulo Sousa, goleia Inter em Milão e lidera Liga italiana

A Fiorentina, orientada pelo português Paulo Sousa, ascendeu este domingo à liderança do campeonato italiano de futebol, ao 'arrasar' fora o ex-líder Inter de Milão, que bateu por 4-1, em encontro da sexta jornada.

Frente a uma equipa que tinha triunfado nas primeiras cinco rondas, a formação de Florença resolveu muito cedo o jogo.

Frente a uma equipa que tinha triunfado nas primeiras cinco rondas, a formação de Florença resolveu muito cedo o jogo.

© Stefano Rellandini / Reuters

Frente a uma equipa que tinha triunfado nas primeiras cinco rondas, a formação de Florença resolveu muito cedo o jogo, numa noite de gala do esloveno Josip Ilic, que inaugurou o marcador, e do croata Nikola Kalinic, autor de um 'hat-trick'.

Com este resultado, a Fiorentina passou a contar os mesmos 15 pontos do Inter, mas com melhor diferença de golos (11-4 contra 7-5), numa tabela em que a campeã Juventus aparece 'afundada' no 15.º posto, com apenas cinco.

A formação 'viola' adiantou-se logo aos quatro minutos, depois de uma falta na área do guarda-redes Handanovic, que Ilicic converteu, para, aos 18, atirar de fora da área para defesa incompleta do compatriota. Kalinic marcou na recarga.

Apenas cinco minutos volvidos, aos 23, o croata deu a melhor sequência a um cruzamento da esquerda de Marcos Alonso e, aos 31, as coisas complicaram-se ainda mais para o Inter, com Miranda a ser expulso após carregar o isolado Kalinic.

Na segunda metade, os locais ainda acreditaram, quando Icardi reduziu, aos 60 minutos, mas a Fiorentina, sempre a controlar as operações, sentenciou em definivo o jogo, com o 'hat-trick' de Kalinic, servido por Ilicic.

Em relação aos jogos realizados na tarde de hoje, o Torino venceu o Palermo por 2-1 e ascendeu ao terceiro lugar. O forasteiro costa-riquenho Giancarlos Castro marcou nas duas balizas, na errada aos 44 e na certa aos 71, enquanto Marco Benassi apontou o outro tento dos locais, aos 48.

O bom início de época do Torino contrasta com o surpreendente mau arranque dos 'vizinhos' da Juventus, que sábado voltaram a perder, desta vez frente ao Nápoles.

Lorenzo Insigne e Gonzalo Higuain, aos 24 e 62 minutos, respetivamente, fizerem os golos dos napolitanos, com o tento de Lemina, aos 64, a ser insuficiente para a 'Juve' evitar a terceira derrota da época.

A surpreender pela positiva está também o Sassuolo, que, apesar de ter cedido um empate caseiro frente ao Chievo, está com 12 pontos, no quarto lugar da tabela.

O avançado francês Gregoire Defrel abriu o jogo com um golo ao terceiro minuto, mas os forasteiros empataram aos 24, por Alberto Paloschi.

Uma importante vitória fora de 'portas' conseguiu a Lazio, que derrotou o Verona, por 2-1 para subir ao quinto posto, num embate em que o ex-'leão' Mauricio foi expulso, aos 81 minutos.

Os golos do argentino Lucas Biglia, aos 63, e de Marco Parolo, aos 86, permitiram aos romanos dar a volta a uma desvantagem no marcador, depois do sueco Filip Helander ter feito o golo da equipa da casa, aos 33.

Por seu lado, o AC Milan, que jogou com 10 unidades desde os 42 minutos (expulsão de Alessio Romagnoli), sofreu o terceiro desaire na prova, ao perder no reduto do Génova por 1-0, por culpa de um golo do médio internacional suíço Blerim Dzemaili, logo aos 10 minutos.

No outro jogo hoje realizado, o Bolonha perdeu em casa com a Udinese por 2-1, num embate decidido aos 85 minutos, com um tento do colombiano Duván Zapata.

Lusa

  • As primeiras reações à morte de Chester Bennington

    Cultura

    Chester Bennington, vocalista da banda de metal alternativo Linkin Park, morreu esta quinta-feira em casa em Palos Verdes Estates, no estado da Califórnia, nos EUA. Várias celebridades já reagiram à morte do músico de 41 anos. Segundo o TMZ, o cantor da banda norte-americana suicidou-se.

  • O perfil do novo herói do surf português
    3:43
  • O. J. Simpson vai sair em liberdade condicional

    Mundo

    A antiga estrela de futebol americano O. J. Simpson vai sair em liberdade condicional, depois de ter cumprido nove anos de prisão num estabelecimento prisional do estado do Nevada, nos Estados Unidos.

  • Filho do leão Cecil também foi abatido por um caçador

    Mundo

    Xanda pode ter tido o mesmo fim que o seu pai, o leão Cecil, que em 2015 foi abatido por um caçador, no Zimbabué. Na altura, a morte de Cecil tomou proporções inéditas, chegando uma imagem do leão a ser projetada na fachada do Empire State Building. Agora, Xanda terá sido abatido a tiro por um caçador de troféus.