sicnot

Perfil

Desporto

Relatório e Contas 2014/15 do Sporting aprovada por unanimidade e aclamação

O Relatório e Contas do Sporting, referente a 1 de julho de 2014 a 30 de junho de 2015, foi este domingo aprovado por unanimidade e aclamação, anunciou Jaime Marta Soares, presidente da Mesa da Assembleia Geral.

Para além das contas do clube, foram ainda aprovados três outros pontos.

Para além das contas do clube, foram ainda aprovados três outros pontos.

SIC

Em declarações à imprensa depois a reunião magna, o responsável enalteceu ainda a intervenção do presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, que deu a conhecer o "estado da nação" leonino.

"Esta reunião não teve tantos sócios como eu pensava. Tiveram cerca de 300. Todas as propostas que estavam em cima da mesa foram aprovadas por unanimidade e aclamação. Foi exatamente assim. Com muito fervor e com os sócios a mostrarem que estavam inequivocamente com as propostas e os órgãos sociais do clube, neste caso concreto com o Conselho Diretivo", disse.

Para além das contas do clube, foram ainda aprovados três outros pontos.

Em cima da mesa esteve a alteração do empréstimo obrigacionista que passou de 68 para 77,100 milhões de euros, a apresentação das conclusões das fases quatro e cinco da auditoria à gestão do Grupo Sporting, durante a vigência de direções passadas e a proposta de alteração estatutária apresentada pelo Conselho Diretivo.

"Foi dado a conhecer os resultados da auditoria. Não passou disso. Os sócios estão conhecedores. Agora o gabinete jurídico do Sporting vai analisar os factos e seguirá as movimentações normais. O que for do capítulo disciplinar será resolvido pelos estatutos. Quanto ao empréstimo, não foi uma ampliação. Juntou-se tudo o que estava disperso. Agora ficou bem definido qual a totalidade do bolo", asseverou.

Os leões voltam a ter nova assembleia geral a 30 de setembro, desta feita da SAD, onde serão vetados o Relatório de Gestão relativo à temporada 2014/15, o salário (atribuição) do presidente Bruno de Carvalho, bem como aos restantes membro executivos do Conselho de Administração e á Sociedade de Revisores Oficiais de Contas.

Lusa

  • As zonas de guerra que o fogo deixou
    3:13

    País

    A chuva finalmente ajudou na luta contra as chamas e o que fica agora é um cenário de devastação no norte e centro do país. Morreram 37 pessoas, arderam centenas de casas e empresas e há críticas severas à falta de meios.

  • O mapa das vítimas dos incêndios
    1:19

    País

    Aumentou para 37 o número de mortes na sequência dos fogos que assolaram a zona Centro do país desde o fim de semana. Feridos são pelo menos 71. Atualizamos aqui o mapa, segundo o último balanço da Proteção Civil.

  • Visto do céu, Portugal é um país que se vestiu de negro
    3:28
  • "Temos que cuidar dos feridos, temos que recuperar os territórios"
    1:02

    País

    O primeiro-ministro disse hoje que, depois das chamas apagadas, agora é o tempo de passar das palavras aos atos, de decidir e executar. Após uma visita a feridos dos incêndios, em Coimbra, António Costa confirmou que o Conselho de Ministros do próximo sábado vai transformar em medidas as recomendações feitas pela comissão técnica independente.

  • Homem morreu ao tentar salvar animais das chamas
    2:30
  • "Estou a ficar sem água, vai ser um trabalho inglório"
    1:06