sicnot

Perfil

Desporto

Adepto do Marselha detido após ameaças de morte a Valbuena

Um adepto do Marselha foi hoje detido por ter ameaçado publicamente matar o antigo futebolista do clube Mathieu Valbuena, disse uma fonte da polícia francesa, citada pela AFP.

© Philippe Laurenson / Reuters

O incidente ocorreu a 20 de setembro, no encontro entre o Marselha e o Lyon, atual clube de Valbuena, com o adepto, de 27 anos, a ter gritado, através de um altifalante, ameaças de morte ao jogador.

Valbuena era um dos jogadores preferidos dos adeptos do Marselha, clube no qual atuou oito épocas antes de se mudar, em 2014, para o Dínamo de Moscovo.

Após uma temporada na Rússia, Valbuena regressou a França para assinar pelo Lyon.

O encontro entre o Marselha e o Lyon ficou marcado por cenas de violência, que já tinham resultado em penas de prisão efetiva para três adeptos do Marselha.

Os adeptos do Marselha foram acusados de assalto armado contra agentes da autoridade -- foram detetados a arremessar pedras e copos na direção das forças policiais -- durante o jogo que decorreu no estádio Velodrome, do Marselha.

Os acusados, que estão impedidos de assistir a todos os jogos do Marselha durante dois anos, serão ainda presentes a um tribunal de primeira instância, que pode decidir comutar a pena para trabalho comunitário.

Dois outros adeptos do clube francês acusados do mesmo crime solicitaram mais tempo para preparar a sua defesa e serão ouvidos em tribunal a 25 de outubro.

Os incidentes levaram mesmo à interrupção do jogo aos 60 minutos, quando o Lyon vencia por 1-0 e o Marselha jogava com menos uma unidade, devido à expulsão de Alessandrini, aos 44.

O árbitro ordenou que os jogadores abandonassem o relvado, numa altura em que o internacional português Anthony Lopes, guarda-redes do Lyon, se preparava para marcar um pontapé de baliza e, subitamente, começaram a 'chover' vários objetos, incluindo garrafas e copos.

Após mais de 20 minutos de interrupção, o encontro foi retomado e Rekik acabou por fazer o golo do empate, aos 68 minutos.

Lusa

  • Como não perder Barack e Michelle Obama nas redes sociais

    Mundo

    Sair da Casa Branca implica mais que reunir objetos físicos: é preciso guardar também os tweets, os posts e todo o conteúdo digital produzido nos últimos oito anos pelo Presidente dos EUA e pela primeira-dama. A equipa de Barack Obama já preparou tudo para que nada se perca do seu legado digital.

  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.