sicnot

Perfil

Desporto

Ronaldinho deixa Fluminense dois meses depois de ter assinado com o clube

O futebolista brasileiro Ronaldinho rescindiu, por mútuo acordo, o contrato com o Fluminense, cerca de dois meses depois de se ter estreado pelo 'tricolor', anunciou na segunda-feira o clube em comunicado.

© Ricardo Moraes / Reuters

"O Fluminense vem a público comunicar o rompimento do contrato com o atleta Ronaldinho Gaúcho de forma amigável e em comum acordo entre as partes", lê-se no documento, publicado no site oficial do clube.

Garantindo que o futebolista sempre tratou o clube "com profissionalismo e respeito", o Fluminense diz ainda que mantém os laços com o futebolista, com o qual espera voltar a trabalhar no futuro.

O emblema do Rio de Janeiro refere ainda que a contratação "correspondeu às expectativas" no retorno financeiro, aumentando as receitas com bilheteria, venda de camisolas e número de sócios.

Ronaldinho estreou-se pelo Fluminense a 01 de agosto, frente ao Grémio, clube no qual se formou, disputando nove jogos pelo 'tricolor'.

Antes do Fluminense, Ronaldinho atuou nos mexicanos do Querétaro, já depois de ter passado por Paris Saint-Germains, FC Barcelona, AC Milan, Flamengo e Atlético Mineiro.

Lusa

  • "Almaraz: Uma bomba-relógio aqui ao lado"
    1:56
  • S. João do Porto sem balões
    2:36

    País

    No Porto, milhares de pessoas foram para a rua festejar o São João. Este ano houve tolerância zero no lançamento de balões, por causa do risco de incêndio. O fogo de artifício começou com mais de 15 minutos de atraso.

  • Mais de 100 detidos pela PSP e GNR nas últimas 24 horas

    País

    Só a GNR deteve 64 pessoas em flagrante delito, entre a noite de sexta-feira e o início da manhã deste sábado, a maioria das quais (47) por condução sob o efeito do álcool. A PSP de Lisboa efetuou 41 detenções em 24 horas, dez por tráfico de droga.

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.