sicnot

Perfil

Desporto

Simeone lamenta oportunidades desperdiçadas frente ao Benfica

O treinador do Atlético Madrid, Diego Simeone, considerou esta quarta-feira que a sua equipa teve oportunidades suficientes para marcar mais do que um golo na derrota (2-1) com o Benfica, em jogo da Liga dos Campeões de futebol.

Para Simeone, a sua equipa "procurou [o golo], trabalhou, mas infelizmente não conseguiu concretizar", adiantando que "há dias em que tudo é uma questão de eficácia".

Para Simeone, a sua equipa "procurou [o golo], trabalhou, mas infelizmente não conseguiu concretizar", adiantando que "há dias em que tudo é uma questão de eficácia".

© Juan Medina / Reuters

"Na primeira parte do jogo tivemos oportunidade para estar em vantagem por mais do que um golo", mas o "Benfica fez o empate numa jogada isolada", analisou Diego Simeone, acrescentando que "no segundo tempo foi mais do mesmo" e admitindo que a "eficácia" lisboeta ditou o resultado.

O Benfica, disse, "fez o segundo golo num grande contra-ataque, bem concluído", mas o Atlético Madrid "teve oportunidades claras" para sair do jogo com um resultado que não a derrota.

Para Simeone, a sua equipa "procurou [o golo], trabalhou, mas infelizmente não conseguiu concretizar", adiantando que "há dias em que tudo é uma questão de eficácia".

Questionado sobre se o lançamento de tochas incendiárias por parte dos adeptos do Benfica no golo do empate - para as bancadas e para dentro do terreno de jogo - desconcentrou a equipa, Simeone rejeitou liminarmente.

"Seguramente que não. Esse é um tema social e há pessoas responsáveis que têm de tratar desse tema. No campo, o Benfica fez um jogo competitivo e teve eficácia na procura da vitória. Nada a dizer", salientou o treinador dos 'colchoneros'.

Sobre um dos grandes obreiros da vitória do Benfica, o argentino Nicolas Gaitán (autor do primeiro golo e da assistência para o segundo), Simeone tinha dito na antevisão do jogo que era "a principal referência" dos 'encarnados'.

Na conferência de imprensa foi convidado a comentar sobre as suas palavras de terça-feira, mas Simeone disse apenas: "As imagens falam por si próprias", disse o técnico 'rojiblanco' sobre o médio benfiquista.

O Benfica derrotou hoje o Atlético de Madrid por 2-1 no estádio Vicente Calderón, em Madrid, em jogo da segunda jornada do grupo C da Liga dos Campeões. O Atlético abriu o marcador por Angel Correa, mas o Benfica deu a volta ao marcador, com golos de Nico Gaitán e Gonçalo Guedes, este já na segunda parte.

Lusa

  • Chamas no concelho de Torre de Moncorvo ameaçaram aldeia
    1:30

    País

    Dois incêndios no concelho de Torre de Moncorvo deram luta aos bombeiros na tarde de ontem e também durante toda a noite. As chamas estiveram muito próximas da aldeia de Cabanas de Cima, mas os bombeiros conseguiram desviar o fogo.

  • Se

    Se Jaime Marta Soares tiver razão, se a ciência e as autoridades não forem - outra vez? - manipuladas pelo poder político, se a investigação - independente - concluir que o fogo começou muito antes da trovoada, então, estamos diante de um dos maiores embustes do Portugal democrático.

    Pedro Cruz

  • Governo cria fundo de apoio para as pessoas afetadas pelos incêndios
    1:25

    Tragédia em Pedrógão Grande

    O ministro do Planeamento e Infraestruturas reuniu-se esta quarta-feira com os autarcas de Figueró dos Vinhos, Castanheira de Pera e Pedrógão  Grande. O Governo criou um fundo financeiro, com o contributo dos portugueses, para apoiar a reconstrução das habitações e a vida das pessoas afetadas pelos incêndios que lavram desde sábado. O fundo será aprovado quinta-feira em Conselho de Ministros.

  • A reconstrução da Nacional 236
    1:44
  • Harry admite que ninguém na família real britânica quer ser rei ou rainha

    Mundo

    O príncipe Harry admitiu que nenhum dos mais jovens membros da família real britânica quer ser rei ou rainha. Numa entrevista exclusiva à revista norte-americana Newsweek, na qual aborda temas como a morte da mãe, que perdeu com apenas 12 anos, Harry afirma que ele e o irmão estão empenhados em "modernizar a monarquia".

    SIC