sicnot

Perfil

Desporto

Sporting vai pedir investigação à divulgação de "documentos" confidenciais

O Sporting anunciou hoje que vai solicitar às autoridades policiais a investigação sobre vários "documentos" confidenciais divulgados na Internet, nomeadamente o contrato com o treinador de futebol Jorge Jesus.

Lusa

"O Sporting Clube de Portugal não se pronuncia sobre a autenticidade dos 'documentos' que circulam na Internet. No entanto, e porque os referidos documentos conterão assinaturas de Administradores e/ou funcionários do clube, o assunto será esta tarde entregue às autoridades policiais para investigação", lê-se no comunicado do clube.

Na terça-feira, o sítio na Internet 'football_leaks' divulgou os alegados contratos firmados pelo Sporting com o clube angolano Recreativo Caála, para a aquisição de Bruno Paulista e Cervi, que acabou por assinar pelo Benfica, assim como os acordos dos 'leões' com Danilo Pereira e Mitroglou.

Durante o dia de hoje, a mesma fonte revelou o alegado contrato de trabalho de Jorge Jesus com o Sporting.

Lusa

  • Comentadores do Play-Off analisam declarações do presidente do Sporting
    2:53

    Play-Off

    Bruno de Carvalho acusa o presidente do Marítimo de ter vendido Danilo ao Futebol Clube do Porto por uma proposta inferior à do Sporting. O presidente dos "leões" explicou, também na Assembleia Geral do Sporting, por que motivo não contratou Cervi e Mitroglou. Os comentadores do programa Play-Off analisaram as declarações de Bruno de Carvalho. Augusto Inácio não viu nenhum problema nas palavras do presidente do Sporting, já António Simões, Rodolfo Reis e Rui Santos têm uma opinião diferente.

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.