sicnot

Perfil

Desporto

Portugal sobe ao quarto lugar do ranking mundial

A seleção portuguesa de futebol subiu hoje ao quarto lugar do 'ranking' da FIFA, que continua a ser liderado pela Argentina, agora com a Alemanha, campeã mundial, na segunda posição.

© Rafael Marchante / Reuters


Portugal, que em setembro venceu a Albânia (1-0), na qualificação para o Euro2016, e perdeu um particular com a França (1-0), ultrapassou a Colômbia (quinta) e o Brasil (sétimo).

A Argentina continua a liderar, agora com a Alemanha na segunda posição, depois de ter ultrapassado a Bélgica, enquanto a Espanha regressou ao 'top-10', subindo do 11.º posto para o sexto.

Entre os países lusófonos, Cabo Verde continua a ser o melhor, ascendo 15 lugares, para 41.º, sendo mesmo o único a registar uma subida, uma vez que Angola caiu para 97.º, Moçambique para 107.º, a Guiné-Bissau para 147.º, Timor-Leste para 170.º e São Tomé e Príncipe para 193.º.

O Irão, treinado por Carlos Queiroz, ocupa a 39.ª posição, e o Gabão, de Jorge Costa, é 65.º.

O 'ranking' FIFA será atualizado a 05 de novembro.

- 'Ranking' da FIFA, a 01 de outubro:

1. (1) Argentina, 1.419 pontos.

2. (3) Alemanha, 1.401.

3. (2) Bélgica, 1.387.

4. (6) Portugal, 1.235.

5. (4) Colômbia, 1.228.

6. (11) Espanha, 1.223.

7. (5) Brasil, 1.204.

8. (9) País de Gales, 1.195.

9. (8) Chile, 1.117.

10. (10) Inglaterra, 1.161.

(...)

39. (40) Irão, 703.

41. (56) Cabo Verde, 589.

65. (63) Gabão, 535.

97. (88) Angola, 353.

107. (95) Moçambique, 327.

147. (142) Guiné-Bissau, 193.

170. (163) Timor-Leste, 130.

193. (190) São Tomé e Príncipe, 48.

Lusa

  • Fãs de Bruno Mars passaram a noite ao relento
    2:35
  • Comandante da Proteção Civil confiante nos meios de combate aos incêndios
    1:56

    País

    Depois das falhas apontadas ao sistema de comunicações SIRESP durante os incêndios do ano passado, o cComandante operacional da Proteção Civil diz que não há meios de comunicação infalíveis. Duarte Costa acredita que este verão será mais calmo do que anterior e contabiliza já mais de 2000 incêndios desde maio que não foram notícia.