sicnot

Perfil

Desporto

Portugal sobe ao quarto lugar do ranking mundial

A seleção portuguesa de futebol subiu hoje ao quarto lugar do 'ranking' da FIFA, que continua a ser liderado pela Argentina, agora com a Alemanha, campeã mundial, na segunda posição.

© Rafael Marchante / Reuters


Portugal, que em setembro venceu a Albânia (1-0), na qualificação para o Euro2016, e perdeu um particular com a França (1-0), ultrapassou a Colômbia (quinta) e o Brasil (sétimo).

A Argentina continua a liderar, agora com a Alemanha na segunda posição, depois de ter ultrapassado a Bélgica, enquanto a Espanha regressou ao 'top-10', subindo do 11.º posto para o sexto.

Entre os países lusófonos, Cabo Verde continua a ser o melhor, ascendo 15 lugares, para 41.º, sendo mesmo o único a registar uma subida, uma vez que Angola caiu para 97.º, Moçambique para 107.º, a Guiné-Bissau para 147.º, Timor-Leste para 170.º e São Tomé e Príncipe para 193.º.

O Irão, treinado por Carlos Queiroz, ocupa a 39.ª posição, e o Gabão, de Jorge Costa, é 65.º.

O 'ranking' FIFA será atualizado a 05 de novembro.

- 'Ranking' da FIFA, a 01 de outubro:

1. (1) Argentina, 1.419 pontos.

2. (3) Alemanha, 1.401.

3. (2) Bélgica, 1.387.

4. (6) Portugal, 1.235.

5. (4) Colômbia, 1.228.

6. (11) Espanha, 1.223.

7. (5) Brasil, 1.204.

8. (9) País de Gales, 1.195.

9. (8) Chile, 1.117.

10. (10) Inglaterra, 1.161.

(...)

39. (40) Irão, 703.

41. (56) Cabo Verde, 589.

65. (63) Gabão, 535.

97. (88) Angola, 353.

107. (95) Moçambique, 327.

147. (142) Guiné-Bissau, 193.

170. (163) Timor-Leste, 130.

193. (190) São Tomé e Príncipe, 48.

Lusa

  • Elemento dos Super Dragões com medida de coação mais gravosa
    1:37

    Desporto

    Os seis arguidos da Operação Jogo Duplo, que investiga crimes de corrupção e viciação de resultados na II Liga de futebol, saíram em liberdade. A medida de coação mais gravosa é para um membro da claque Super Dragões, que terá de pagar uma caução de 5 mil euros.

  • Mais de 120 pessoas infetadas com hepatite A
    2:23

    País

    O surto de hepatite A já infetou 128 pessoas, 60 das quais estão internadas em hospitais de Lisboa e Coimbra. A Direção-Geral da saúde recomenda a vacinação apenas aos familiares dos doentes. Apesar de não haver ruptura de stocks, há farmácias que não têm vacinas.

  • Sobreviventes de Mossul relatam mutilações e execuções do Daesh
    1:32