sicnot

Perfil

Desporto

FIFA atribui derrota à Malásia devido a incidentes no jogo com Arábia Saudita

A FIFA decidiu esta segunda-feira atribuir a derrota à Malásia no encontro de 8 de setembro com a Arábia Saudita, interrompido aos 88 minutos, após adeptos malaios terem lançado tochas para o relvado, deixando o estádio coberto de fumo.

No jogo de 8 de setembro, com o resultado em 2-1 a favor dos sauditas, aos 88 minutos, os adeptos da casa começaram a lançar vários objetos para o campo, ainda na sequência da frustração da derrota 10-0 sofrida uma semana antes frente aos Emirados Árabes Unidos.

No jogo de 8 de setembro, com o resultado em 2-1 a favor dos sauditas, aos 88 minutos, os adeptos da casa começaram a lançar vários objetos para o campo, ainda na sequência da frustração da derrota 10-0 sofrida uma semana antes frente aos Emirados Árabes Unidos.

© Olivia Harris / Reuters

Face a estes incidentes, o organismo que tutela o futebol mundial atribuiu uma derrota por 3-0 à seleção malaia, que vai ainda disputar à porta fechada o próximo jogo, frente aos Emirados Árabes Unidos, da segunda fase do Grupo A de qualificação asiática ao Mundial2018, além de ter de pagar uma multa de 40 mil francos suíços (cerca de 36.600 euros).

No jogo de 8 de setembro, com o resultado em 2-1 a favor dos sauditas, aos 88 minutos, os adeptos da casa começaram a lançar vários objetos para o campo, ainda na sequência da frustração da derrota 10-0 sofrida uma semana antes frente aos Emirados Árabes Unidos.

Os 'ultras' malaios colocaram o recinto 'submerso' em fumo, obrigando jogadores e responsáveis de ambas as seleções a refugiar-se nos balneários, escoltados pela polícia.

Horas antes, o selecionador interino da Malásia, Ong Kim Swee, tinha pedido aos adeptos para não perturbarem o jogo com a Arábia Saudita.

O encontro com a Arábia Saudita seguiu-se às invulgares derrotas com Palestina (6-0) e Emirados Árabes Unidos (10-0), que originaram a saída do treinador Dollah Salleh do comando técnico da seleção.

Lusa

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.