sicnot

Perfil

Desporto

Crise financeira obriga Jogos Olímpicos Rio2016 a cortar 10% no orçamento

A organização dos Jogos Olímpicos Rio2016 anunciou na terça-feira que vai cortar 10 por cento do orçamento inicialmente previsto, em virtude da crise financeira que assola o Brasil.

Reuters

Atualmente, a organização está a debruçar-se sobre os relatórios orçamentais para tentar identificar áreas que poderão ser 'cortadas' do orçamento total de 7,4 mil milhões de reais (cerca de 1,7 mil milhões de euros).

"Não se trata de ser modesto, trata-se de se eficiente e dar mais sentido a este investimento. A mensagem é muito clara: uma mensagem de eficiência e não uma mensagem de humildade", explicou à AFP o porta-voz da organização brasileira, Mário Andrada.

Alguns responsáveis pelo evento já admitiram que determinadas áreas serão alvo de cortes na ordem dos 30 por cento, mas Mário Andrada garantiu que "num plano global, a média de cortes rondará os 10 por cento".

"Quando as coisas começam a ultrapassar as previsões iniciais, é necessário fazer poupanças. Continuamos com um orçamento equilibrado e mantemos um plano eficiente", assegurou Mário Andrada.

  • Escola de Vagos castiga alunos por protesto contra a homofobia e preconceito

    País

    Os alunos da Escola Secundária de Vagos, no distrito de Aveiro, organizaram um protesto contra o que consideram homofobia e preconceito. Segunda-feira, depois de duas alunas se terem beijado foram chamadas à direção da escola, que as terá informado que não podiam beijar-se em público. O protesto foi gravado e partilhado nas redes sociais. Em declarações à SIC Notícias, um dos alunos disse que todos os envolvidos no protesto vão ser alvos de um processo disciplinar. O Bloco de Esquerda já pediu esclarecimentos ao Ministério da Educação.

    EXCLUSIVO

    Rita Pedras

  • Greve na Função Pública vai afetar escolas, saúde e cultura

    País

    A greve nacional convocada para sexta-feira pela Federação Nacional dos Sindicatos da Função Pública (FNSTFPS) deverá afetar as escolas, a área da saúde e ainda da cultura, entre outros serviços, afirmou esta quarta-feira a dirigente sindical, Ana Avoila.

  • Marcelo comenta comparação de Centeno a Ronaldo

    País

    O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, comentou esta quarta-feira a comparação que o ministro das Finanças alemão terá feito entre Mário Centeno e Ronaldo, considerando que "quem quer que disse isso, por uma vez não pensou mal".