sicnot

Perfil

Desporto

Lopetegui colmata ausência de internacionais com jogadores da formação

O plantel do FC Porto regressou esta quarta-feira aos treinos, cumpridos dois dias de folga apos a goleada ao Belenenses (4-0), para a I Liga portuguesa de futebol, sem Maicon, em tratamento, e 11 internacionais, ao serviço das respetivas seleções.

Para colmatar as ausências, o treinador Julen Lopetegui recorreu ao guarda-redes João Costa, ao defesa Diogo Verdasca, aos médios Graça, Omar Govea e Fede Varela e ao avançado Gleison, da equipa B, ao guarda-redes Diogo Costa e ao defesa Fernando (sub-19) e ainda ao defesa Diogo Dalot (sub-17). (Arquivo)

Para colmatar as ausências, o treinador Julen Lopetegui recorreu ao guarda-redes João Costa, ao defesa Diogo Verdasca, aos médios Graça, Omar Govea e Fede Varela e ao avançado Gleison, da equipa B, ao guarda-redes Diogo Costa e ao defesa Fernando (sub-19) e ainda ao defesa Diogo Dalot (sub-17). (Arquivo)

© Gleb Garanich / Reuters

Para colmatar as ausências, o treinador Julen Lopetegui recorreu ao guarda-redes João Costa, ao defesa Diogo Verdasca, aos médios Graça, Omar Govea e Fede Varela e ao avançado Gleison, da equipa B, ao guarda-redes Diogo Costa e ao defesa Fernando (sub-19) e ainda ao defesa Diogo Dalot (sub-17).

Ausentes da sessão estiveram Danilo e André André (ao serviço da seleção de Portugal), Rúben Neves (nos sub-21 portugueses), Casillas (Espanha), Herrera, Layún e Corona (México), bem como Raúl Gudiño (na seleção olímpica mexicana), Aboubakar (Camarões), Maxi Pereira (Uruguai) e Brahimi (Argélia).

O FC Porto volta a treinar pelas 10:30 de quinta-feira, novamente no Olival, com uma sessão que terá os primeiros 15 minutos abertos aos órgãos de comunicação social.

Lusa

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.