sicnot

Perfil

Desporto

PGR confirma receção de participação da FPF sobre declarações de Bruno de Carvalho

A Procuradoria-Geral da República (PGR) confirmou hoje ter recebido e remetido ao Ministério Público competente uma participação da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) sobre as declarações do presidente do Sporting sobre aliciamentos a árbitros.

No domingo, Bruno de Carvalho assumiu que foi um "erro" negociar a parceria com a W52 para o regresso do clube 'verde e branco' ao ciclismo e prometeu trabalhar "num projeto que tenha ambição mas onde a ética e a verdade desportiva sejam uma constante". (Arquivo)

No domingo, Bruno de Carvalho assumiu que foi um "erro" negociar a parceria com a W52 para o regresso do clube 'verde e branco' ao ciclismo e prometeu trabalhar "num projeto que tenha ambição mas onde a ética e a verdade desportiva sejam uma constante". (Arquivo)

SIC

"Confirma-se a receção, ontem [quarta-feira], na Procuradoria-Geral da República de uma participação da Federação Portuguesa de Futebol (...). A mesma será remetida ao Ministério Público competente, com vista à instauração de inquérito, disse a assessoria de imprensa da PGR à agência Lusa.

A FPF pediu quarta-feira a intervenção do Ministério Público para verificar a eventual existência de ilícitos na sequência das declarações do presidente do Sporting sobre aliciamentos a árbitros por parte do Benfica.

"A federação participou ao Ministério Público todo o dossiê sobre as suspeitas" levantadas por Bruno de Carvalho durante o programa Prolongamento, na TVI24, disse fonte da FPF à Lusa.

Na segunda-feira, o presidente do Sporting denunciou alegados aliciamentos a árbitros feitos pelo Benfica, referindo que, por ano, o valor que os 'encarnados' despendem em jantares e prendas ronda "um quarto de milhão de euros".

Na terça-feira, o presidente da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF), José Fontelas Gomes disse à Lusa estar a analisar as declarações do presidente do Sporting, desafiando Bruno de Carvalho a provar o que disse.

Lusa

  • Bruno de Carvalho manda SMS aos jogadores em nome dos jogadores. Confuso?

    Desporto

    De acordo com a imprensa desta manhã, o presidente do Sporting Clube de Portugal terá enviado mensagens escritas aos jogadores com o seguinte texto "Obrigado presidente pelas felicitações. Ainda temos muito para conquistar juntos" e assinou com o nome do jogador a quem enviou a mensagem. Uma aparente reação ao facto de nenhum dos jogadores ter respondido às mensagens escritas por Bruno de Carvalho, com incentivos e elogios antes e depois da vitória do Sporting frente ao Boavista.

  • Marcelo já sabia da substituição do embaixador de Angola
    4:00

    País

    O Presidente da República sabia há bastante tempo da substituição do embaixador de Angola em Lisboa e já tinha aprovado o nome do futuro representante de Luanda. A revelação foi feita, esta terça-feira, por Marcelo Rebelo de Sousa, numa conversa exclusiva com a SIC no Palácio de Belém. O Presidente contou ainda que não vai enviar recados ao Governo nem aos partidos no discurso de 25 abril que vai fazer na Assembleia da República.

    Exclusivo SIC

  • Chegaram os brinquedos de cartão para a consola
    6:24
  • O 10 de julho de 1941 na escrita de João Pinto Coelho
    15:09
  • Governo promete melhorar condições de 26 mil famílias
    1:23

    País

    O ministro do Ambiente explicou esta terça-feira, no Parlamento, as novas medidas para a habitação: reduzir os impostos para arrendamentos longos, melhorar as condições de 26 mil famílias e introduzir o arrendamento vitalício para maiores de 65 anos. Este é um investimento que vai chegar aos 1700 milhões de euros.

  • Pato em excesso de velocidade faz disparar radar numa estrada suíça
    1:31
  • O vestido de noiva de Megan Markle
    1:17