sicnot

Perfil

Desporto

Ronaldo, Tiago e Ricardo Carvalho falham jogo de Portugal na Sérvia

Cristiano Ronaldo, Tiago e Ricardo Carvalho foram dispensados da seleção portuguesa de futebol e vão falhar o encontro de domingo na Sérvia, que encerra o grupo I de apuramento para o Euro2016, revelou hoje Fernando Santos.

Lusa

Entretanto, a Federação Portuguesa revelou já que o defesa dos franceses do Nice Ricardo Pereira, uma estreia em convocatórias, e o avançado do Sporting de Braga Rui Fonte foram os jogadores chamados por Fernando Santos para integrarem a comitiva na deslocação à Sérvia.

Em conferência de imprensa após o triunfo sobre a Dinamarca (1-0), em Braga, que assegurou a qualificação para o Europeu do próximo ano, o selecionador português anunciou as dispensas e a intenção de chamar dois novos jogadores para a viagem a Belgrado.

"Já estava pensado há algum tempo que se vencêssemos hoje, que no próximo jogo [Sérvia, que é importante e queremos vencer], haveria mudanças, até porque reconhecemos que, neste momento da época, seria um pouco cansativo para alguns atletas e quero ver e trabalhar com outros jogadores, pelo que vão sair da convocatória o Cristiano Ronaldo, o Tiago e o Ricardo Carvalho e vou chamar dois jogadores", afirmou Fernando Santos na altura.

Ronaldo, Tiago e Ricardo Carvalho foram titulares e realizaram os 90 minutos frente à Dinamarca, num jogo em que Portugal garantiu também o primeiro lugar do grupo I.

Na despedida do agrupamento, a seleção lusa defronta no domingo a Sérvia, no Estádio FK Partizan, num duelo agendado para as 18:00 (17:00 horas de Lisboa).

Lusa

  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.