sicnot

Perfil

Desporto

Presidente do Fenerbahce absolvido em processo por viciação de resultados

O presidente do Fenerbahçe, treinado pelo português Vítor Pereira e no qual atuam Nani, Bruno Alves e Raul Meireles, foi esta sexta-feira absolvido pelo Supremo Tribunal Federal da Turquia, num processo de viciação de resultados de futebol.

Aziz Yildiriam, presidente do clube turco desde 1998, foi condenado em 2012 pelo Supremo Tribunal Federal a seis anos e três meses de prisão por suspeitas de combinação de resultados e de constituição de uma organização criminosa. (Arquivo)

Aziz Yildiriam, presidente do clube turco desde 1998, foi condenado em 2012 pelo Supremo Tribunal Federal a seis anos e três meses de prisão por suspeitas de combinação de resultados e de constituição de uma organização criminosa. (Arquivo)

Murad Sezer / AP

Aziz Yildiriam, presidente do clube turco desde 1998, foi condenado em 2012 pelo Supremo Tribunal Federal a seis anos e três meses de prisão por suspeitas de combinação de resultados e de constituição de uma organização criminosa.

Depois de ter ficado preso durante um ano, Yildiriam apresentou recurso, foi libertado sob fiança e em junho de 2014 foi decretada a realização de um novo julgamento.

A absolvição de Aziz Yildiriam e de 13 outros acusados tinha sido pedida esta semana pelo Ministério Público turco.

A condenação original de viciação de resultados resultou no afastamento do Fenerbahçe das competições europeias por duas épocas.

Lusa

  • Braga perde com Shakhtar e fica fora dos 16 avos de final da Liga Europa
    3:16
  • Ronaldo não está preocupado com repercussões de eventual fuga fiscal
    1:30

    Football Leaks

    Cristiano Ronaldo diz que quem não deve não teme. O avançado português não se mostra preocupado com as notícias que revelam que o jogador não terá declarado os rendimentos da publicidade ao fisco espanhol. Fontes do Ministério das Finanças do país vizinho confirmaram ao jornal El Mundo que o português está a ser investigado há ano e meio.

  • Dissolução da União Soviética aconteceu há 25 anos

    Mundo

    Assinalam-se esta quinta-feira 25 anos desde o fim do acordo que sustentava a União Soviética. A crise começou em 80, mas aprofundou-se nos anos 90 com a ascensão de movimentos nacionalistas em praticamente todas as repúblicas soviéticas.