sicnot

Perfil

Desporto

Miguel Oliveira castigado com perda de três posições na grelha do GP Japão

O português Miguel Oliveira (KTM) e o espanhol Jorge Navarro (Honda) foram hoje penalizados com perda de três lugares na grelha de partida para o Grande Premio do Japão de Moto3, caindo ambos para a segunda fila.

KIMIMASA MAYAMA

Respetivamente segundo e terceiro na qualificação no circuito de Motegi, Oliveira e Navarro foram penalizados por "condução irresponsável" e por isso vão largar do quinto e sexto lugares para a corrida de domingo, 15.ª das 18 provas do campeonato do mundo de motociclismo de velocidade.

Oliveira e Navarro foram castigados por condução lenta durante a sessão de qualificação, o que permitiu aos italianos Niccolò Antonelli (Honda) e Enea Bastianini (Honda) ascenderem à segunda e terceira posição, enquanto o britânico Danny Kent, líder do Mundial, subiu para a quarta posição.

O novo sistema de penalizações, que entrou em vigor precisamente antes do GP do Japão, determina que os pilotos só podem exceder em 10% o seu melhor tempo de cada setor da pista nos treinos e na qualificação. Os dois primeiros parciais na volta de entrada e o último na volta de saída não são contabilizados.

"Tentei colocar-me numa boa posição para fazer uma volta rápida sem esperar ou colocar alguém em perigo com uma condução perigosa, mas acabei por fazer uma volta quatro milésimos de segundo acima dos 110% permitidos". As regras são iguais para todos e por isso espero que a organização possa cumprir com todas as regras previstas e tornar as corridas de Moto3 ainda mais interessantes e disputadas", disse Miguel Oliveira, citado pela sua assessoria de imprensa.

O italiano Romano Fenati (KTM) conquistou a 'pole position', com 1.56,484 minutos, enquanto Miguel Oliveira tinha assegurado a segunda posição, ao rodar em 1.56,657 minutos. O espanhol Jorge Navarro (Honda), com 1.56,720, tinha feito o terceiro registo.

A quatro provas para o final do Mundial, Miguel Oliveira, com vitórias em Itália, na Holanda e em Aragão, soma 159 pontos, menos 20 do que Bastianini, enquanto Kent comanda com 234.

A corrida do Grande Prémio do Japão realiza-se no domingo e está marcada para as 11:00 locais, 03:00 em Lisboa.

Lusa

  • Oliveira Costa "era incompetente para todos os lugares em que eu o vi"
    3:12
    Quadratura do Círculo

    Quadratura do Círculo

    QUINTA-FEIRA 23:00

    O caso BPN esteve em destaque no programa Quadratura do Circulo desta quinta-feira. Pacheco Pereira relembrou que os maiores prejuízos são posteriores à nacionalização e responsabiliza José Sócrates. O Jorge Coelho disse que se fez justiça e que é uma prova que o Estado de direito português está a funcionar. Lobo Xavier garantiu também que Oliveira Costa era incompetente por natureza.

  • "O Brasil não parou e não vai parar"
    1:33

    Mundo

    O Presidente do Brasil diz ter condições para continuar à frente do Palácio do Planalto. Num vídeo publicado no Twitter, Michel Temer garante que o país não parou, nem vai parar, mas há uma nova gravação que pode comprometer o futuro do chefe de Estado.

  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • O humor de John Kerry nas críticas a Trump
    0:40

    Mundo

    John Kerry criticou as ligações de Donald Trump com a Rússia durante um discurso de abertura, na Universidade de Harvard. O ex-secretário de Estado norte-americano disse, em tom de brincadeira, que se os jovens querem vingar na política, devem primeiro aprender a falar russo.

  • O papel da religião no quotidiano
    24:57
  • Marcelo na peregrinação de Nossa Senhora de Fátima no Luxemburgo

    Mundo

    O Presidente da República participou esta quinta-feira, a título privado, na peregrinação em honra de Nossa Senhora de Fátima, na cidade luxemburguesa de Wiltz. Milhares de portugueses receberam Marcelo Rebelo de Sousa, que assistiu à missa e, durante alguns minutos, participou na procissão.