sicnot

Perfil

Desporto

Miguel Oliveira castigado com perda de três posições na grelha do GP Japão

O português Miguel Oliveira (KTM) e o espanhol Jorge Navarro (Honda) foram hoje penalizados com perda de três lugares na grelha de partida para o Grande Premio do Japão de Moto3, caindo ambos para a segunda fila.

KIMIMASA MAYAMA

Respetivamente segundo e terceiro na qualificação no circuito de Motegi, Oliveira e Navarro foram penalizados por "condução irresponsável" e por isso vão largar do quinto e sexto lugares para a corrida de domingo, 15.ª das 18 provas do campeonato do mundo de motociclismo de velocidade.

Oliveira e Navarro foram castigados por condução lenta durante a sessão de qualificação, o que permitiu aos italianos Niccolò Antonelli (Honda) e Enea Bastianini (Honda) ascenderem à segunda e terceira posição, enquanto o britânico Danny Kent, líder do Mundial, subiu para a quarta posição.

O novo sistema de penalizações, que entrou em vigor precisamente antes do GP do Japão, determina que os pilotos só podem exceder em 10% o seu melhor tempo de cada setor da pista nos treinos e na qualificação. Os dois primeiros parciais na volta de entrada e o último na volta de saída não são contabilizados.

"Tentei colocar-me numa boa posição para fazer uma volta rápida sem esperar ou colocar alguém em perigo com uma condução perigosa, mas acabei por fazer uma volta quatro milésimos de segundo acima dos 110% permitidos". As regras são iguais para todos e por isso espero que a organização possa cumprir com todas as regras previstas e tornar as corridas de Moto3 ainda mais interessantes e disputadas", disse Miguel Oliveira, citado pela sua assessoria de imprensa.

O italiano Romano Fenati (KTM) conquistou a 'pole position', com 1.56,484 minutos, enquanto Miguel Oliveira tinha assegurado a segunda posição, ao rodar em 1.56,657 minutos. O espanhol Jorge Navarro (Honda), com 1.56,720, tinha feito o terceiro registo.

A quatro provas para o final do Mundial, Miguel Oliveira, com vitórias em Itália, na Holanda e em Aragão, soma 159 pontos, menos 20 do que Bastianini, enquanto Kent comanda com 234.

A corrida do Grande Prémio do Japão realiza-se no domingo e está marcada para as 11:00 locais, 03:00 em Lisboa.

Lusa

  • "A vitória de Bruno de Carvalho pode ser uma vitória de Pirro"
    1:01
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    As eleições para a presidência do Sporting realizam-se no próximo sábado e os comentadores d'O Dia Seguinte avaliaram já as hipóteses de vitória dos candidatos. Rui Gomes da Silva considera que a gravação que implicava José Maria Ricciardi não vai influenciar a decisão de voto. Já Paulo Farinha Alves acredita que Bruno de Carvalho vai vencer a eleição. Contudo José Guilherme Aguiar avisa as eleições podem não trazer estabilidade ao Sporting.

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • SIC revela relatório que provava falência do GES
    2:06
  • Sócrates acusa Cavaco de conspiração
    0:57
  • Bastidores do sambódromo: um espétaculo à parte
    3:22
  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22
  • Como a maioria de Esquerda gere as votações
    2:15

    País

    A gestão entre os partidos é feita diariamente mas nem sempre PCP e Bloco de Esquerda têm votado ao lado do Governo. A SIC ouviu um politólogo, que diz que o objetivo é cada um salientar as diferenças que os separam do PS. No entanto, também há exemplos que provam que nenhum dos partidos quer pôr em causa a estabilidade política.