sicnot

Perfil

Desporto

Piloto Alex de Angelis em estado crítico após acidente no Japão

O piloto Alex de Angelis, vítima de um grave acidente nos treinos do Grande Prémio do Japão de MotoGP, no sábado, permanece em estado crítico, devido a uma hemorragia no crânio, informou hoje o médico italiano Michele Zasa.

© David W Cerny / Reuters

"É uma situação crítica, mas há vários graus nestas situações. (...) Está em coma induzido, não está entubado e os seus sinais vitais são estáveis, mas temos de estar muito alerta com a hemorragia intracraniana que o afeta para avaliar nas próximas 24 ou 48 horas se é necessária uma intervenção", afirmou o diretor da clínica móvel que acompanha o Mundial de motociclismo, em Motegi, no Japão.

O piloto de São Marino, de 31 anos, que caiu na quarta sessão de treinos livres do Grande Prémio do Japão, foi transportado de helicóptero para o Hospital Universitário Dokkyo, fraturou cinco vértebras, duas costelas e uma clavícula, mas a hemorragia, confirmada por uma ressonância magnética, é o que mais preocupa os médicos.

"É algo que pode acontecer quando um piloto bate com a cabeça e pode não se manifestar num primeiro momento, mas somente passadas 12 horas ou mais, pelo que precisamos de ver a dimensão da hemorragia com um especialista em neurocirurgia, para ver ser requer ou não intervenção", explicou o médico.

Zasa acrescentou que será preciso esperar dois ou três dias para se tomar uma decisão e indicou que a recuperação das lesões vertebrais deverá levar cerca de dois meses e meio.

Lusa

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.