sicnot

Perfil

Desporto

Estado de saúde do piloto Alex de Angelis continua grave, mas apresenta melhoras

O piloto Alex de Angelis registou hoje algumas melhorias, mas o seu estado de saúde continua a ser grave devido ao acidente que sofreu no sábado, durante os treinos do Grande Prémio do Japão de MotoGP.

Arquivo Reuters

"O estado de saúde do piloto continua a ser grave, mas as doses de sedativos foram reduzidas e ele é capaz de se orientar no tempo e no espaço", indicou a organização do Mundial de MotoGP.

Em comunicado, a organização indica que os novos exames realizados hoje, ao peito e ao crânio, mostraram que o hematoma intracranial não sofreu alterações e que as lesões nos pulmões registaram uma ligeira alteração positiva.

O piloto de São Marino, de 31 anos, que caiu na quarta sessão de treinos livres do Grande Prémio do Japão, foi transportado de helicóptero para o Hospital Universitário Dokkyo, com uma hemorragia intracraniana, e fraturas em cinco vertebras, duas costelas e uma clavícula.

De Angelis (Aprilia Ioda), que já disputou 262 Grandes Prémios nas três categorias do motociclismo, deverá ser transportado para Itália assim que o seu estado de saúde o permitir.

  • Esquerda contra a venda do Novo Banco
    1:51

    Economia

    O futuro do Novo Banco promete agitar a maioria de esquerda nas próximas semanas. O Bloco de Esquerda e o PCP estão contra os planos de privatização e insistem que a solução é nacionalizar o banco. O Bloco de Esquerda defende que privatizar 75% é o pior de dois mundos. Já o PCP diz que o banco deve ser integrado no setor público.

  • Vídeo amador mostra destruição na Síria
    1:04

    Mundo

    A guerra na Síria continua a fazer vítimas mortais. Um vídeo amador divulgado esta segunda-feira mostra o estado de uma localidade a este de Damasco, depois de um ataque aéreo no fim-de-semana. No ataque, 16 pessoas morreram e há várias dezenas de feridos.

  • Pescador resgatado de um lago gelado na Estónia
    1:08
  • Banco do Metro com pénis gera polémica no México

    Mundo

    Um banco em formato de homem com o pénis exposto, numa das carruagens de Metro da Cidade do México, está a gerar polémica. A iniciativa integra uma campanha contra o assédio sexual de que as mulheres são vítima no país.