sicnot

Perfil

Desporto

Maradona aceita cargo como diretor geral da fundação 'Football For Unity'

O ex-futebolista argentino Diego Maradona aceitou esta terça-feira o cargo de diretor geral para a América Latina da Fundação 'Football For Unity' (Futebol para a Unidade), a convite da rainha de Inglaterra, Isabel II.

O argentino comunicou a sua decisão através de um vídeo publicado no seu perfil oficial no Facebook, onde afirma que aceitou o cargo "com todo o coração". (Arquivo)

O argentino comunicou a sua decisão através de um vídeo publicado no seu perfil oficial no Facebook, onde afirma que aceitou o cargo "com todo o coração". (Arquivo)

© Muhammad Hamed / Reuters

O argentino comunicou a sua decisão através de um vídeo publicado no seu perfil oficial no Facebook, onde afirma que aceitou o cargo "com todo o coração".

"Fiquem tranquilos que as crianças da América Latina vão estar bem cuidadas comigo. Agradeço-vos imenso a confiança depositada em mim, porque eu sou honesto e comigo os corruptos não têm hipótese", afirmou Maradona.

O vídeo, com o título "Obrigado à rainha de Inglaterra por este momento", foi projetado também no Parlamento inglês.

"Eu quero o melhor para as crianças, vamos fazer, entre todos nós, que as crianças sorriam e esse vai ser o nosso prémio. Aqui não vai existir corrupção, isso eu posso assegurar", acrescentou o ex-futebolista.

O advogado de Maradona afirmou, em declarações ao sítio na internet do jornal local Infobae, que "a rainha apoia a postura do Diego" e por isso é que o postulou.

A 'Football For Unity' é uma instituição que pretende ajudar crianças de todo o mundo com o apoio de vários países, da coroa britânica e da FIFA.

Lusa

  • Grupo armado mata 26 cristãos no Egipto
    1:03
  • O "chega p'ra lá" de Trump
    2:35
  • Oliveira Costa "era incompetente para todos os lugares em que eu o vi"
    3:12
    Quadratura do Círculo

    Quadratura do Círculo

    QUINTA-FEIRA 23:00

    O caso BPN esteve em destaque no programa Quadratura do Circulo desta quinta-feira. Pacheco Pereira relembrou que os maiores prejuízos são posteriores à nacionalização e responsabiliza José Sócrates. O Jorge Coelho disse que se fez justiça e que é uma prova que o Estado de direito português está a funcionar. Lobo Xavier garantiu também que Oliveira Costa era incompetente por natureza.

  • A promessa e a peregrinação do Presidente no Luxemburgo
    2:28

    País

    O Presidente da República promete voltar ao Luxemburgo até ao final do ano, se houver mais 10 mil portugueses recenseados até julho. Marcelo Rebelo de Sousa participou esta quinta-feira na peregrinação em honra de Nossa Senhora de Fátima, que todos os anos recebe milhares de emigrantes portugueses.

    Enviados SIC

  • Álcool é "de longe" a droga mais consumida pelos portugueses

    País

    O álcool é, "de longe", a substância mais consumida pelos portugueses que responderam ao maior inquérito `online` sobre consumo de drogas, com mais de 14% dos homens a descreveram padrões considerados problemáticos, segundo os resultados hoje divulgados.