sicnot

Perfil

Desporto

Liga de clubes espera que cada órgão atue sobre ofertas do Benfica a árbitros

A Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) disse hoje esperar "serenamente" que cada órgão atue sobre as ofertas do Benfica a árbitros, denunciadas pelo presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, a 5 de outubro.

Bruno Paixão volta a dirigir um jogo do Sporting na I Liga de Futebol

Bruno Paixão volta a dirigir um jogo do Sporting na I Liga de Futebol

REUTERS

"A Liga Portuguesa de Futebol Profissional aguardará serenamente que cada órgão faça o seu trabalho", afirmou fonte oficial do organismo, questionada pela agência Lusa sobre a sua atuação quanto às declarações do responsável 'leonino', sem confirmar a existência de um processo na Comissão de Instrução e Inquéritos (CII).

Igualmente contactada pela Lusa, a assessoria de comunicação da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) confirmou que, além da participação feita ao Ministério Público, a direção federativa solicitou a abertura de um processo no Conselho de Disciplina, que o remeteu, para instrução, para a CII da LPFP.

Em causa estão as declarações de Bruno de Carvalho, prestadas no dia 05 de outubro, no programa Prolongamento, na TVI24, sobre alegadas ofertas feitas pelo Benfica a árbitros, delegados da LPFP e observadores, em particular 'vouchers' de refeição, avaliados pelo presidente 'leonino' em cerca "um quarto de milhão de euros" por ano.

Na terça-feira, uma fonte do Sporting defendeu que "o Ministério Público é para averiguar se há corrupção e qual o grau que esta atingiu, mas a FPF já deveria ter tomado uma decisão a nível desportivo".

"A FPF não ficou impávida e serena. Quando soube da denúncia comunicou-a à Procuradoria-Geral da República. A justiça segue o seu caminho e neste momento a federação não tem de interferir", respondeu fonte federativa.

Lusa

  • Aluno abre fogo em escola brasileira, pelo menos dois mortos

    Mundo

    Um aluno de 14 anos disparou vários tiros esta sexta-feira numa escola particular, em Goiânia, no Brasil. De acordo com o Globo, dois estudantes morreram e outros quatro ficaram feridos com gravidade. O aluno do 8.º ano foi detido pelas autoridades.

  • Um morto e sete feridos em ataque com faca na Polónia

    Mundo

    Um homem atacou esta sexta-feira várias pessoas com uma faca, num centro comercial em Stalowa Wola, na Polónia. Segundo as autoridades, uma pessoa morreram e sete ficaram feridas. O atacante foi preso pela polícia, depois de ser detido por alguns cidadãos que estavam no centro comercial.

  • Família perde tudo na aldeia de Queirã
    2:32
  • Temperaturas sobem no fim de semana, risco de incêndio aumenta
    1:08

    País

    A chuva que caiu nos últimos dias não deverá ter impactos relevantes na dominuição da seca e, por isso, o risco de incêndios vai voltar a aumentar com nova subida das temperaturas. Os termómetros podem chegar aos 30 graus entre domingo e quarta-feira.

  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão