sicnot

Perfil

Desporto

Santos pede à FIFA seis meses de suspensão para Neymar

O clube de futebol brasileiro Santos pediu esta quinta-feira à FIFA para sancionar o avançado Neymar com seis meses de suspensão, por considerar que o jogador atuou de "má-fé" durante a transferência para o Barcelona.

Neymar atuou no clube brasileiro entre 2003 e 2013. (Arquivo)

Neymar atuou no clube brasileiro entre 2003 e 2013. (Arquivo)

© Ueslei Marcelino / Reuters

Segundo o jornal brasileiro Globosporte, o presidente do Santos, Modesto Roma, pediu à FIFA a suspensão, em todas as competições, de Neymar, numa ação judicial na qual acusa o avançado de infringir o artigo 62 do Código Disciplinar do organismo.

Hoje, em declarações à emissora catalã COPE, Roma afirmou que apresentou a ação judicial em maio e que, "apesar de Neymar ser um ídolo", o Santos denunciou o caso, "porque há coisas em que não está de acordo".

Segundo o presidente do Santos, "a transferência [de Neymar para o Barcelona] não foi feita de forma clara e transparente e isso foi provado pela justiça espanhola, pelo fisco espanhol e pela justiça brasileira" e, por isso, pede à FIFA que "atue perante as coisas que foram feitas de forma incorreta".

Lusa

  • "Hoje vi chover lume"
    3:57
  • A Minha Outra Pátria
    29:53
  • Milhares de clientes da CGD vão pagar quase 5€/ mês por comissões de conta
    1:24

    Economia

    Milhares de clientes da Caixa Geral de Depósitos (CGD), que até aqui estavam isentos de qualquer pagamento, vão começar a pagar quase 5 euros por mês por comissões de conta. A medida abrange também reformados e pensionistas e entra em vigor já em setembro. Ainda assim, os clientes com mais de 65 anos e uma pensão inferior a 835 euros por mês continuam isentos.

  • O apelo da adolescente arrependida de ir lutar pelo Daesh

    Daesh

    Uma adolescente alemã que desapareceu da casa dos pais, no estado da Saxónia, esteve entre os vários militantes do Daesh detidos este fim de semana na cidade iraquiana de Mossul. Arrependida do rumo que deu à sua vida, deixou um apelo emocionado em que expressa, repetidamente, a vontade de "fugir" e voltar para casa.

    SIC