sicnot

Perfil

Desporto

Benfica suspende venda de bilhetes para os jogos da Champions na Luz

O Benfica comunicou hoje a suspensão temporária da venda de bilhetes para os jogos no Estádio da Luz com o Galatasaray (03 novembro) e o Atlético Madrid (08 dezembro), da Liga dos Campeões de futebol.

© Reuters

"O Sport Lisboa e Benfica informa que a venda de bilhetes para os jogos SL Benfica-Galatasaray e SL Benfica-Atlético de Madrid se encontra temporariamente suspensa. Assim que a mesma for reposta o clube informará", refere o clube no seu sítio oficial.

A decisão dos 'encarnados' surge poucas horas depois de também ter revelado a decisão da UEFA, hoje comunicada, em punir o clube com "um jogo à porta fechada, com pena suspensa de dois anos", em consequência dos incidentes em Madrid.

No jogo com o Atlético Madrid, da segunda jornada do grupo C da Champions, disputado a 30 de setembro, alguns adeptos 'encarnados' atiraram tochas contra adeptos do 'Atleti', tendo uma delas atingido uma criança, pouco depois de o Benfica ter marcado o golo do empate, num encontro que acabou por vencer por 2-1.

A situação levou a que o clube anunciasse hoje que está a estudar medidas a adotar para combater estes atos e que admite "a não-requisição de bilhetes para jogos fora" e a "identificação de todos os detentores de bilhetes para jogos europeus".

O Benfica, que lidera o grupo C da Liga dos Campeões, com duas vitórias em dois jogos (com Astana e Atlético Madrid), visita na quarta-feira os turcos do Galatasaray, em jogo da terceira jornada da competição.

Lusa

  • Pelo menos seis mortos em descarrilamento nos EUA

    Mundo

    Pelo menos seis pessoas morreram na sequência do descarrilamento de um comboio de passageiros, ocorrido esta segunda-feira perto da cidade norte-americana de Seattle, estado de Washington, referiu um responsável norte-americano citado pela agência noticiosa norte-americana Associated Press.

  • Comissão de trabalhadores da Autoeuropa vai entregar contraproposta
    1:39

    Economia

    A Autoeuropa vai parar entre o Natal e o Ano Novo por falta de peças para a produção. O anúncio foi feito esta segunda-feira, no dia em que foram retomadas as negociações sobre os novos horários de trabalho na fábrica de Palmela. Ainda não está nada decidido, mas a Comissão de Trabalhadores vai preparar uma contraproposta para entregar à administração que, na semana passada, impôs de forma unilateral o trabalho ao sábado.