sicnot

Perfil

Desporto

Ministério Público arquiva investigação a incidentes na festa do título do Benfica

O Ministério Público anunciou hoje o arquivamento, por falta de provas, dos incidentes que envolveram adeptos e agentes da autoridade, a 18 de maio, durante os festejos da conquista do 34.º título de campeão de futebol pelo Benfica.

JOSE SENA GOULAO

"Foi determinado o arquivamento por insuficiência de indícios probatórios quanto à autoria dos crimes, resistência e coação contra agentes de autoridade relativamente aos distúrbios ocorridos na madrugada de 18/05/2015, na Praça do Marquês de Pombal, em Lisboa, na sequência dos festejos benfiquistas", refere uma nota da Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa (PGDL).

A mesma nota indica que "através das provas recolhidas e em consequência da multidão presente no local não foi possível identificar suficientemente os autores destes crimes".

A PGDL lembra que "a participação teve origem no lançamento de artifícios pirotécnicos, de garrafas de vidro e pedras da calçada contra agentes da PSP".

Durante os festejos da conquista do título 'encarnado', eclodiram incidentes entre adeptos e polícias.

Nos incidentes ficaram feridos 16 polícias com escoriações devido ao arremesso de pedras, garrafas de vidro e material pirotécnico.

Lusa

  • Os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa
    1:55

    Football Leaks

    Com o escândalo dos agentes de futebol a dar que falar, o Expresso revela este sábado os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa. O nome da empresa de que é administrador, a Energy Soccer, surge na investigação em transferências de jogadores que envolvem o Futebol Clube do Porto num conflito de interesses.

  • A história da guerra em Alepo
    7:43
  • Uma "cidade fantasma" na Letónia
    3:10