sicnot

Perfil

Desporto

Treinador do Maccabi Telavive elogia FC Porto, mas confia que pontuará no Dragão

O treinador Slavisa Jokanovic considerou hoje que o FC Porto é a equipa a jogar melhor futebol no Grupo G da Liga dos Campeões do futebol, mas confia que o seu Maccabi Telavive pode surpreender na terça-feira no Dragão.

FERNANDO VELUDO

"O FC Porto é uma das melhores equipas europeias, tendo sido duas vezes campeão da Europa. O ano passado fez uma época fantástica na Liga dos Campeões e está a começar esta muito bem. É talvez a equipa em melhor forma no grupo", vincou, na antecipação do desafio da terceira jornada do grupo.

O técnico sérvio elogiou os 'dragões' e o seu potencial, mas também o futebol português, que considera "um dos melhores da Europa", frisando que não é apenas o seu rival 'azul e branco' a representar bem o país nas competições da UEFA.

"É um prazer estar aqui e para os meus jogadores também. Não tenho razões para chorar. Estamos prontos para a batalha. Não quero esperar três, cinco ou 10 anos por outra oportunidade. Está à nossa frente e temos de estar prontos. Estamos satisfeitos por podermos ser testados pelo FC Porto e futebol português, para tentarmos evoluir", frisou.

Nas derrotas por 4-0 na visita ao Chelsea e por 2-0 em casa com o Dínamo de Kiev, o Maccabi Telavive sofreu golos muito cedo, situação que o treinador quer inverter com "concentração, mentalidade, luta e rigor" dos seus pupilos.

"Vai ser muito difícil. Estamos em processo de aprendizagem. Vamos tentar as nossas hipóteses. A minha abordagem profissional é ganhar todos os jogos. É complicado, mas o mais importante é respeitar-nos a nós próprios, os adeptos e a nossa profissão. Viemos para ser organizados, jogar com mentalidade. Vamos seguir com os nossos planos e tentar vencer", reforçou.

Jokanovic recordou que, a este nível, só uma equipa "meticulosa, com todos os detalhes preparados" pode ambicionar conquistar pontos no Dragão, que seriam os primeiros na prova.

O antigo futebolista do Corunha recorda os tempos de Lopetegui no futebol espanhol, de quem foi contemporâneo, lembrando-o como um dos melhores guarda-redes da sua geração e destacando o seu posterior êxito enquanto técnico das camadas jovens espanholas, com títulos continentais, bem como o trabalho no FC Porto.

"Respeito-o muito e ao trabalho que tem feito no FC Porto, mas espero travá-lo em campo", completou.

Jokanovic desvalorizou ainda qualquer atenção especial a determinados futebolistas adversários, recordando que o FC Porto tem um "plantel vasto e de grande qualidade", além da "organização" que destacou como um dos pontos fortes da equipa.

O defesa espanhol Carlos Garcia lamentou as limitações dos clubes israelitas nas competições europeias - as equipas no seu campeonato só podem ter cinco estrangeiros -, mas considerou que o país está a evoluir e a aproximar-se dos restantes adversários nas provas europeias.

"O nosso jogo muda muito entre o competir em Israel, onde somos a equipa dominante, ou em provas europeias, com adversários superiores a nós. Temos as nossas armas e vamos tentar vencer com elas. Respeitamos imenso o FC Porto, sabemos que é uma grande equipa, mas esperamos ter oportunidades e aproveitá-las", sintetizou.

O FC Porto lidera o grupo G com quatro pontos, os mesmos do Dínamo de Kiev, enquanto o Chelsea tem três e o Maccabi Telavive ainda não pontuou.

Lusa

  • Debate quinzenal com o primeiro-ministro

    País

    A situação económica e financeira foi o tema escolhido pelo Governo, mas a polémica da descida da Taxa Social Única dominará certamente a discussão na Assembleia da República. Veja aqui em direto e participe no Minuto a Minuto Parlamento Global/SIC.

    Direto

  • MIT quer humanos a ajudar máquinas a decidir (quem morre)

    Mundo

    A "Máquina Moral" é uma plataforma online que recolhe a perspetiva humana em decisões que terão de ser tomadas por uma máquina. Por exemplo, quando um carro sem condutor se depara com o dilema do mal menor: em quem acertar - para evitar outros - num acidente de viação.

  • Daesh transforma drones em bombardeiros 

    Daesh

    As estratégias de combate do Daesh têm vindo a sofrer alterações, bem como a capacidade das forças militares iraquianas para confrontar e derrotar o inimigo. De acordo com o responsável do Exército dos EUA Brett Sylvia, comandante militar no Iraque, a tática mais recente desenvolvida pelo Daesh consiste em usar drones de uso comercial em pequenos bombardeiros, capazes de transportar e lançar granadas.