sicnot

Perfil

Desporto

Villas-Boas fala em vitória fantástica sobre Lyon e elogia Hulk

O treinador do Zenit, o português André Villas-Boas, disse que a sua equipa conseguiu hoje uma "vitória fantástica" sobre o Lyon, por 3-1, na Liga dos Campeões de futebol, e elogiou a exibição de Hulk.

© Eric Gaillard / Reuters

"Foi uma vitória fantástica. É uma recompensa para o investimento do clube. Foi um jogo realmente difícil contra o Lyon e estou satisfeito com o resultado. Na próxima jornada voltamos a jogar contra o Lyon e será decisivo para nós e para eles", disse.

O Zenit somou o terceiro triunfo em outros tantos encontros no Grupo H, somando mais três pontos do que o Valência e oito do que o Lyon e do que o Gent, algo que deixa Villas-Boas "muito satisfeito", até porque a Rússia está abaixo da França no 'ranking' da UEFA.

"No campeonato cometemos erros coletivos que nos fizeram sofrer golos e perder pontos. Na Liga dos Campeões não fizemos esses erros, isso faz a diferença", disse o treinador do Zenit, que na Liga russa está na terceira posição, a 10 pontos do líder CSKA Moscovo.

Villas-Boas admitiu que adotou a estratégia de ceder a bola ao adversário, para tentar apostar no contra-ataque, "como aconteceu no terceiro golo", deixando elogios a Hulk, autor do segundo golo da equipa.

"Hulk esteve extraordinário. Esse tipo de individualidade é muito importante para fazer desequilibrar um jogo. Hulk fez a diferença com o segundo golo e por procurar o terceiro", afirmou.

Lusa

  • Trump diz que vai continuar a "ocupar-se" de Cuba

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse esta quinta-feira que vai continuar a "ocupar-se" de Cuba, após a eleição de Miguel Díaz-Canel como sucessor de Raúl Castro na presidência do país.

  • "Por vezes até as princesas da Disney ficam apavoradas"

    Mundo

    A atriz norte-americana Patti Murin foi esta semana elogiada nas redes sociais por se preocupar com a sua saúde mental e não ter problemas em falar sobre o assunto. A artista faltou a um espetáculo da Disney, onde ia atuar, devido a um ataque de ansiedade.

    SIC