sicnot

Perfil

Desporto

Etapa de Peniche do Mundial de Surf novamente adiada

O início do Moche Rip Curl Pro Portugal voltou hoje a ser adiado, pelo terceiro dia consecutivo, pela organização da etapa portuguesa do circuito mundial de surf, que aguarda melhores ondas na praia de Supertubos, em Peniche.

"Ainda não chegou essa ondulação, aliás hoje o mar está muito parecido com os últimos dois dias, mas as previsões são promissoras para amanhã [sexta-feira], que é quando voltaremos a conferir as condições", afirmou Travis Logie, um dos comissários da Liga Mundial de Surf (WSL).

Calendarizada até 31 de outubro, a 10.ª e penúltima etapa do circuito pode coroar o australiano Mick Fanning como campeão do mundo de surf e vai ter início com o embate entre os brasileiros Filipe Toledo, Jadson André e Tomas Hermes.

O campeão do mundo de juniores, Vasco Ribeiro, vai ser o primeiro português a competir, na quarta bateria, frente a Owen Wright e Michel Bourez, antes de Frederico Morais enfrentar Adriano de Souza e o Kolohe Andino e Tiago Pires defrontar Fanning e Sebastian Zietz, no quinto e sexto 'heat', respetivamente.

A organização da etapa de Peniche agendou nova chamada para sexta-feira, às 08:00.

Lusa

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.