sicnot

Perfil

Desporto

Manuel Machado quer vencer Boavista mas alerta para as dificuldades

O treinador do Nacional, Manuel Machado, alertou hoje os seus jogadores para as dificuldades que o Boavista vai causar na Choupana, no jogo que abre a oitava jornada da I Liga portuguesa de futebol, na sexta-feira.

LUSA

O técnico dos 'alvinegros' prevê um Boavista muito forte, destacando a robustez física do adversário como arma a ter em conta no Estádio da Madeira, no Funchal, cujo relvado não está nas melhores condições, devido às chuvas.

"Este é um jogo de grande dificuldade e não o digo da boca para fora. O nosso adversário tem um futebol mais padronizado, em relação aos outros concorrentes. É uma equipa muito organizada defensivamente e apresenta robustez física nas suas diversas ações", sublinhou Manuel Machado, durante a conferência de imprensa de antevisão ao jogo.

Machado considera que, para a sua equipa ter sucesso e poder somar os três pontos, será preciso "trabalhar muito", destacando ainda "a agressividade defensiva" do Boavista, daí ter afirmando que espera que "o futebol ofensivo do Nacional se sobreponha ao jogo defensivo dos 'axadrezados'".

Ainda assim, adiantou que o Boavista não é apenas "uma equipa defensiva", uma vez que, segundo reconheceu "também cria dissabores em termos ofensivos".

Em suma, Manuel Machado não atribui favoritismo a nenhuma das equipas, mas esclarece que o Nacional "vai a jogo para vencer, pois em casa teremos que conquistar os pontos necessários para chegarmos ao nosso objetivo", observou.

O Nacional, 12.º classificado, com sete pontos, e o Boavista, 11.º colocado, com oito, defrontam-se a partir das 20:30 de sexta-feira, em jogo da oitava jornada da I Liga de futebol que será arbitrado por João Capela, da associação de Lisboa.

Lusa

  • "Se estivesse a governar estaria preocupado com o futuro e não só com o presente"
    7:46
  • PS e PSD trocam acusações sobre Tancos
    1:18
  • Homens vítimas de violência doméstica
    31:17
  • Marcelo mergulha na baía de Luanda
    0:45
  • Défice chegou aos 2.034 milhões em agosto
    1:51

    Economia

    O défice do Estado caiu 1.900 milhões de euros até agosto, em comparação com o ano passado. A recuperação da economia ajudou a baixar o défice, com mais receitas e impostos acima do esperado. Já a despesa pública ficou praticamente inalterada e os pagamentos do Estado em atraso subiram.

  • EUA negam ter declarado guerra à Coreia do Norte

    Mundo

    Os Estados Unidos negaram esta segunda-feira ter declarado guerra à Coreia do Norte e frisaram que Pyongyang não pode disparar contra os seus aviões em águas internacionais, em resposta a uma ameaça do ministro dos Negócios Estrangeiros norte-coreano.

  • Morreu a egípcia que chegou a pesar 500 quilos

    Mundo

    A egípcia Eman Ahmed Abd El Aty, de 37 anos, que chegou a pesar 500 quilos, morreu num hospital de Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, devido a complicações cardíacas na sequência do seu excesso de peso.