sicnot

Perfil

Desporto

Schweinsteiger processa empresa por produzir soldado nazi parecido com ele

O alemão Bastian Schweinsteiger vai processar uma empresa baseada em Hong Kong, por ter produzido um boneco representativo de um soldado nazi muito parecido com ele e batizado com o seu nome, referiu hoje o assessor do futebolista.

Ivan Sekretarev

A empresa em causa fabricou um boneco que enverga um uniforme de soldado nazi da Wehrmacht (III Reich), com traços físicos semelhantes ao capitão da Mannschaft, e com o nome de 'Bastian'.

Contactado pelo jornal alemão Bild, um funcionário da empresa Patrick Chan, de Hong Kong, negou estar a vender qualquer boneco baseado na imagem de um jogador de futebol e adiantou que a semelhança com Schweinsteiger é pura coincidência.

O boneco, de 30 centímetros, que é comercializado com vários extras, é, ainda de acordo com o mesmo funcionário, "baseado na fisionomia típica alemã". "Nós pensamos que os alemães apresentam as mesmas características patentes no boneco."

O médio Bastian Schweinsteiger, que representa os ingleses do Manchester United, foi nomeado capitão da seleção alemã no ano passado, substituindo nas funções o defesa Philipp Lahm.

Lusa

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.