sicnot

Perfil

Desporto

Tiago Pires eliminado da etapa portuguesa do circuito mundial de surf

​O português Tiago Pires foi hoje eliminado na segunda ronda da etapa portuguesa do circuito mundial de surf, o Moche Rip Curl Pro Portugal, ao perder frente ao brasileiro Adriano de Souza.

LUSA

O surfista da Ericeira não conseguiu melhor do que 6,17 pontos (3,40 e 2,77) no primeiro 'heat' da segunda ronda. Já o 'mineirinho', que é segundo do 'ranking' mundial, conquistou 12,43 (6,00 e 4,43), mantendo-se, assim, na luta pelo título.

No confronto entre os dois amigos, o brasileiro levou a melhor e 'Saca' disse sentir-se "dececionado".

"Não era a 'performance' que almejava neste campeonato. Sair derrotado com ondas na casa dos três pontos não é bem aquilo que eu pretendo, mas o 'heat' estava muito complicado com ondas muito más", afirmou aos jornalistas.

Por outro lado, o português mostrou-se "feliz" por ver Adriano de Souza ainda em prova.

"Estou contente por ele continuar na luta, é um grande amigo e espero que consiga o título mundial este ano", sustentou.

Apesar da "tensão" e "poucas palavras" entre os dois amigos antes da prova, "natural pelo nervosismo e emoção", Tiago Pires espera poder "dar um abraço" e felicitar Adriano de Souza pela vitória.

Agora afastado da competição, 'Saca' prometeu continuar em Peniche para acompanhar a prestação dos outros dois portugueses ainda em prova, Vasco Ribeiro e Frederico Morais, apurados para a terceira ronda.

"Não têm nada a perder e isso é uma qualidade bastante forte quando se está a surfar contra surfistas que têm o título mundial em jogo, por isso, acho que tanto o Vasco como o Frederico conseguem ir longe neste campeonato", disse.

Adriano de Souza sublinhou que Tiago é um dos seus melhores amigos, mas mostrou-se satisfeito por avançar na competição.

Concentrado no "sonho" de ganhar o circuito mundial este ano, o 'mineirinho' reconheceu que se isso não acontecer "não será um bom ano".

"Este é o meu sonho e tenho trabalhado tanto para isso. Se não ganhar, não será um bom ano", disse.

O período de espera do Moche Rip Curl Pro Portugal prolonga-se até 31 de outubro, podendo consagrar o australiano Mick Fanning, líder do 'ranking', como tetracampeão do mundo.

Lusa

  • Ronaldo terá colocado milhões de euros nas Ilhas Virgens britânicas
    4:15

    Desporto

    José Mourinho e Cristiano Ronaldo são apenas dois dos nomes da maior fuga de informação na história do desporto. A plataforma informática Football Leaks forneceu milhões de documentos à revista alemã Der Spiegel, entre os quais documentos que indicam que o capitão da seleção nacional terá colocado milhões de euros da publicidade nas Ilhas Virgens britânicas. Os dados foram analisados por um consórcio de 60 jornalistas, do qual o Expresso faz parte, numa investigação que pode ler este sábado no semanário.

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.

  • Tribunal chinês iliba jovem executado há 21 anos

    Mundo

    Nie Shubin foi fuzilado em 1995, na altura com 20 anos, depois de ter sido condenado por violação e assassinato de uma mulher, na cidade de Shijiazhuang. Agora, a justiça chinesa vem dizer que, afinal, o jovem era inocente, uma vez que não foram encontradas provas suficientes para o condenar.