sicnot

Perfil

Desporto

Bruno de Carvalho agradece aos adeptos que foram à Luz

O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, reconheceu hoje a "vitória histórica" dos leões no dérbi de domingo com o Benfica, da 8ª jornada da I Liga de futebol, mas que "só valeu três pontos".

(arquivo)

(arquivo)

MIGUEL A. LOPES / Lusa

"A minha primeira palavra de hoje é de agradecimento aos cerca de 4.000 adeptos que ontem [domingo] fizeram do Estádio da Luz a nossa casa! Alcançámos uma vitória histórica, sempre importante por ser sobre um rival direto e, ainda por cima, no seu estádio, mas não são mais do que três os pontos conquistados", lê-se na página do presidente do Sporting no Facebook.

Voltando a dirigir-se aos adeptos, que considera a "verdadeira razão" do trabalho do clube, Bruno de Carvalho apelou à presença na receção ao Estoril-Praia, no sábado, em jogo da nona jornada.

"A hora é de continuarmos o nosso trabalho! Nós todos e o 12.º jogador, a verdadeira razão de todo o nosso trabalho, os sócios e adeptos do Sporting Clube de Portugal. No sábado temos mais um degrau para subir na nossa caminhada vencedora: vamos todos encher Alvalade e celebrar o Esforço, a Dedicação e a Devoção a caminho da Glória. Viva o Sporting Clube de Portugal!", concluiu.

No domingo, o Sporting venceu o Benfica, por 3-0, no Estádio da Luz, com golos do colombiano Teo Gutiérrez (09 minutos), do argelino Islam Slimani (21) e do costarriquenho Bryan Ruiz (36).

Com este triunfo, o Sporting isolou-se no primeiro lugar da I Liga, com 20 pontos, mais dois do que o FC Porto, que empatou 0-0 na receção ao Sporting de Braga.

Com Lusa

A minha primeira palavra de hoje é de agradecimento aos cerca de 4000 adeptos que ontem fizeram do Estádio da Luz, a...

Posted by Presidente do Sporting Clube de Portugal - Bruno de Carvalho on Monday, October 26, 2015
  • Marido de idosa que morreu na Sertã teve de caminhar durante duas horas para pedir ajuda
    1:44

    País

    A Altice garantiu esta sexta-feira que tentou agendar, por duas vezes, a reposição da linha telefónica na casa da idosa da Sertã, que morreu na semana passada por não ter comunicações que permitissem um socorro rápido. A mulher sentiu-se mal e o marido teve de caminhar durante duas horas para conseguir chegar à casa do vizinho mais próximo e pedir ajuda.

  • "No meu bairro perguntam-me se a medalha é de ouro e dizem que ma vão roubar e vender"
    4:46
  • Como é que alguém (Rúben Semedo) com tanto pode perder tudo?
    3:05