sicnot

Perfil

Desporto

Daniel Carriço continua fora das opções do Sevilha por lesão

Daniel Carriço tem uma pequena rotura na ligação do músculo ao tendão do joelho direito e o seu regresso à competição foi mais uma vez adiado, anunciou esta segunda-feira o Sevilha, da Liga espanhola de futebol.

Daniel Carriço será reavaliado na quarta-feira, pelo médico francês Hervé Silbert, que dará "uma segunda opinião sobre a evolução da lesão", além de fazer a "previsão do tempo aproximado de recuperação". (Arquivo)

Daniel Carriço será reavaliado na quarta-feira, pelo médico francês Hervé Silbert, que dará "uma segunda opinião sobre a evolução da lesão", além de fazer a "previsão do tempo aproximado de recuperação". (Arquivo)

© Marcelo del Pozo / Reuters

O central português, que é baixa por lesão no plantel do Sevilha já desde a segunda jornada, foi hoje submetido a uma ressonância magnética "em que foi detetada uma pequena rotura na união miotendinosa do semitendinoso, ou seja, a união entre o tendão e o músculo", segundo o clube andaluz.

O problema vai "atrasar o regresso" do jogador português, um dos capitães da equipa, que na última época foi titular indiscutível.

Daniel Carriço será reavaliado na quarta-feira, pelo médico francês Hervé Silbert, que dará "uma segunda opinião sobre a evolução da lesão", além de fazer a "previsão do tempo aproximado de recuperação".

O central luso, que está na sua terceira época em Sevilha, lesionou-se no jogo da segunda jornada do campeonato, a 30 de agosto, na derrota ante o Atlético de Madrid no estádio Sánchez Pizjuán.

Na primeira previsão, os médicos avançaram com uma estimativa de oito semanas de baixa, por rotura parcial do tendão do músculo semitendinoso - tempo que está agora a acabar.

Lusa