sicnot

Perfil

Desporto

Federação holandesa bane quatro jovens por agredirem árbitro até à morte

Quatro jovens jogadores holandeses, já condenados por terem agredido um árbitro amador até à morte, em 2012, foram banidos de todas as competições, anunciou esta segunda-feira a Federação de futebol da Holanda (KNVB).

(Arquivo)

(Arquivo)

© Reuters Staff / Reuters

A justiça holandesa tinha condenado em junho de 2013 os cinco adolescentes, cujas idades à época variavam entre 15 e 17 anos, a dois anos de prisão, por agressões a um árbitro assistente amador, mas sem intenção de matar.

Quatro dos cinco jovens não poderão voltar a jogar como filiados na KNVB, sendo esta a sanção mais grave que a organização pode aplicar.

Ao quinto jovem foi-lhe aplicada uma suspensão de cinco anos por ter "reconhecido as suas responsabilidades no ato e por ter mostrado arrependimento", revelou a KNVB, em comunicado.

Os incidentes ocorreram a 2 de dezembro de 2012, quando o árbitro assistente Richard Nieuwenhuizen foi golpeado na cabeça e no tronco, depois de ter arbitrado um jogo entre jovens nos subúrbios a casa, mas acabaria por falecer dias depois no hospital em consequência dos golpes que sofreu na cabeça.

Além dos cinco adolescentes, o tribunal holandês sentenciou o pai de um dos adolescentes, de 51 anos, a seis meses de prisão.

Lusa

  • O fim do julgamento do caso BPN, seis anos depois
    2:26

    País

    O antigo presidente do BPN José Oliveira Costa tentou adiar o fim do julgamento principal do caso com um recurso para o Tribunal Constitucional. Apesar disso, a leitura do acórdão continua marcada para esta quarta-feira, quase seis anos e meio depois de os 15 arguidos se terem sentado pela primeira vez no banco dos réus.

  • José Oliveira Costa, o rosto do buraco financeiro do BPN
    3:04

    País

    José Oliveira Costa foi o homem forte do BPN durante 10 anos e tornou-se o rosto do gigantesco buraco financeiro. Manteve-se em silêncio durante todo o julgamento, mas falou aos deputados da comissão de inquérito, para negar qualquer envolvimento no escândalo que fez ruir o BPN.

  • Saída do Procedimento por Défice Excessivo marca debate no Parlamento
    1:40
  • Filhos tentam anular casamento de pai de 101 anos

    País

    O casamento de um homem de 101 anos com uma mulher com metade da idade, em Bragança, está a ser contestado judicialmente pelos filhos do idoso, que acusam aquela que era empregada da família de querer ser herdeira.