sicnot

Perfil

Desporto

Rui Costa e Nelson Évora podem desempatar no número de prémios de atleta do ano

O ciclista Rui Costa encabeça a lista de nomeados para o prémio de atleta masculino do ano da Confederação do Desporto de Portugal, hoje divulgada, que inclui também Nelson Évora, Miguel Oliveira, Fernando Pimenta e Rui Bragança

© Dylan Martinez / Reuters

Vencedor nas três últimas edições, Rui Costa tentará este ano somar a quarta distinção como atleta do ano masculino, um prémio atribuído a 11 de novembro na Gala do Desporto, e assim desempatar com Nelson Évora, premiado por três vezes e também ele nomeado.

De regresso ao mais alto nível, o campeão europeu de pista coberta do salto em comprimento e medalha de bronze no Mundial é mesmo o grande adversário do ciclista da Lampre-Merida, que terminou o ano como nono classificado no 'ranking' mundial e é o atual campeão nacional de fundo.

Além dos dois atletas masculinos com mais distinções nos 20 anos de história da Gala do Desporto, estão nomeados o piloto Miguel Oliveira, vencedor de cinco grandes prémios de Moto3, Rui Bragança, ouro na categoria -58 kg no taekwondo nos Jogos Europeus de Baku, e o canoísta Fernando Pimenta, bronze em K1 1.000 no Europeu e no Mundial.

No setor feminino, o prémio da atleta do ano da Confederação do Desporto de Portugal (CDP) será disputado entre a ginasta Filipa Martins, oitava no Europeu no concurso 'all around', a patinadora Mariana Souto, campeão mundial e europeia em pares dança juniores, a canoísta Francisca Laia, medalha de prata em K1 200 nos Mundiais sub-23, Ana Teresa Almeida, campeã mundial de bodyboard da Internacional Surfing Association, e a mesatenista Fu Yu, bronze no Europeu.

Para o galardão de equipa do ano estão nomeadas, além do K4 1.000 que conquistou a prata no Europeu de canoagem, quatro seleções nacionais: a universitária de andebol masculino, ouro nas Universíadas, a de hóquei em patins sub-20, bicampeã mundial, a de futebol de praia, campeã mundial e europeia, e a de ténis de mesa, ouro em Baku2015.

A votos para serem eleitos jovem promessa estão Joana Cunha (desporto universitário/taekwondo), prata na categoria de -57 kg nas Universíadas, José Souto (patinagem), bicampeão mundial de 'solo dance' em juniores, João Amorim (canoagem), campeão mundial de maratona em C1 júnior, Ruben Neves (futebol), o mais jovem capitão do FC Porto na Liga dos Campeões, e Melanie Santos (triatlo), bronze no Mundial e Europeu de sub-23.

Os nomeados para treinador do ano são Rolando Freitas, selecionador de andebol universitário e de elite, João Ganso, técnico de Nélson Évora, Hélio Lucas e José Sousa, responsáveis pela canoagem nacional, Mário Narciso, selecionador de futebol de praia, e Lino Barruncho, técnico dos triatletas João Pereira, Miguel Arraiolos e Melanie Santos, vencedores de várias medalhas internacionais.

Os cinco finalistas de cada categoria vão estar submetidos à votação online do público (com um peso de 60 por cento) e à votação dos presentes na Gala do Desporto, cuja 20.ª edição decorre no Casino Estoril a 11 de novembro.

Na Gala do Desporto é igualmente entregue o Prémio Personalidade do Ano - Mérito Desportivo a desportistas e entidades indicados pelas filiadas da CDP (uma indicação por cada federação) e o Prémio Alto Prestígio, a mais alta distinção da entidade.

Lusa

  • PSD e CDS assinalam 36º aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro
    1:38

    País

    O presidente do PSD deixou críticas ao Partido Comunista, este domingo, a propósito do aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro. Pedro Passos Coelho lembrou os festejos dos comunistas na altura, numa resposta a quem questionou a abstenção dos sociais-democratas ao voto de pesar a Fidel Castro, que o PCP levou ao Parlamento. Este domingo, tanto o PSD como o CDS-PP prestaram homenagem a Sá Carneiro e Adelino Amaro da Costa.