sicnot

Perfil

Desporto

Etapa portuguesa do circuito mundial de surf novamente parada

A organização da etapa portuguesa do circuito mundial de surf manteve hoje a competição parada, pela sexta vez desde o início do período de espera, na praia de Supertubos, em Peniche.

LUSA

"É provavelmente o pior dia deste período de espera, mas os próximos dois são promissores, por isso vamos voltar a conferir as condições amanhã [sexta-feira] de manhã", afirmou o comissário da Liga Mundial de Surf (WSL) Travies Logie.

A organização agendou nova chamada para sexta-feira, às 06:45, em Supertubos, 'palco' de três dias da competição, entre sexta-feira e domingo. O Moche Rip Curl Pro Portugal, da 10.ª e penúltima etapa do circuito mundial, também já contou com quatro 'heats' disputados na praia do Molhe Leste, na terça-feira.

Assim que for retomada a competição, o 'wild-card' português Vasco Ribeiro, campeão do mundo de juniores, vai tentar juntar-se a Frederico Morais nos quartos de final, no terceiro 'heat' da quinta ronda frente a Michel Bourez, da Polinésia Francesa, 23.º do 'ranking' mundial, antes de o brasileiro Gabriel Medina, detentor do cetro mundial, defrontar o havaiano Keanu Asing.

'Kikas', também 'wild-card' no campeonato penicheiro, vai disputar o acesso às meias-finais frente ao norte-americano Brett Simpson, 34.º do circuito.

Também nos 'quartos', o brasileiro Filipe Toledo vai defrontar o australiano Joel Parkinson, enquanto o francês Jeremy Flores aguarda o resultado da repescagem entre Vasco Ribeiro e Bourez e o 'canarinho' Italo Ferreira o vencedor do embate entre Medina e Asing.

O período de espera do Moche Rip Curl Pro Portugal decorre até sábado.

Lusa

  • Frederico Morais, perfil de campeão
    3:56

    Desporto

    O surfista Frederico Morais tem já o melhor resultado de um surfista português nas etapas de Peniche do circuito. Desde muito cedo que Frederico Morais revelou talento para o surf. A SIC descobriu-o em Cascais, há quase 15 anos.

  • Vasco Ribeiro vence Adriano de Souza na etapa portuguesa de surf
    1:37

    Desporto

    O português Vasco Ribeiro eliminou hoje o número dois do circuito mundial de surf, Adriano de Souza, na etapa portuguesa do circuito mundial, o Moche Rip Curl Pro Portugal.O campeão do mundo de juniores conseguiu 14,36 pontos (5,93 e 8,43) e venceu o 'mineirinho', que fez apenas 11,80 pontos (5,77 e 6,03). Vasco afastou, assim, o brasileiro, um dos principais candidatos ao título mundial de surf, e juntou-se a Frederico Morais na história do evento, como primeiros portugueses na quarta ronda.

  • Frederico Morais elimina Mick Fanning na etapa portuguesa de surf
    1:40

    Desporto

    O português Frederico Morais eliminou hoje o número um do circuito mundial de surf, Mick Fanning, na etapa portuguesa do circuito mundial, o Moche Rip Curl Pro Portugal. Depois de, em 2013, ter feito história em Peniche ao vencer o 11 vezes campeão do mundo Kelly Slater, o português voltou hoje a surpreender tudo e todos ao eliminar o principal candidato ao título este ano.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.