sicnot

Perfil

Desporto

Fernando Alonso sancionado com perda de 15 lugares no GP do México

O piloto espanhol Fernando Alonso (McLaren) foi esta quinta-feira penalizado com a despromoção de 15 lugares na grelha de partida do Grande Prémio do México de Fórmula 1, por mudar o motor e a caixa de velocidades do seu monolugar.

Alonso usou dez motores de combustão interna durante a temporada, com a Federação Internacional do Automóvel (FIA) a ter autorizado apenas cinco mudanças.

Alonso usou dez motores de combustão interna durante a temporada, com a Federação Internacional do Automóvel (FIA) a ter autorizado apenas cinco mudanças.

© Reuters Staff / Reuters

Alonso, bicampeão mundial de pilotos (2005 e 2006), usou dez motores de combustão interna durante a temporada, com a Federação Internacional do Automóvel (FIA) a ter autorizado apenas cinco mudanças - quatro no início da temporada e outra no decurso da mesma.

A decisão da escuderia britânica faz parte da estratégia de testar o maior número de motores para preparar o próximo ano.

Disputados 16 grandes prémios, a McLaren é a equipa que mais motores usou: dez no carro de Alonso e nove no de Jenson Button.

A temporada foi um completo descalabro para os pilotos dos monolugares britânicos, com Button, campeão mundial em 2009, a ser 16.º no mundial e o seu colega a ocupar o lugar seguinte, com apenas três provas, incluindo a do México, para disputar.

O piloto asturiano foi penalizado com a perda de lugares na grelha de partida do GP da Rússia, com ambos a serem sancionados com a perda de posições na Bélgica e em Itália.

O GP do México disputa-se no domingo, no circuito Hermanos Rodríguez da Cidade do México.

Lusa

  • Esquerda contra a venda do Novo Banco
    1:51

    Economia

    O futuro do Novo Banco promete agitar a maioria de esquerda nas próximas semanas. O Bloco de Esquerda e o PCP estão contra os planos de privatização e insistem que a solução é nacionalizar o banco. O Bloco de Esquerda defende que privatizar 75% é o pior de dois mundos. Já o PCP diz que o banco deve ser integrado no setor público.

  • Vídeo amador mostra destruição na Síria
    1:04

    Mundo

    A guerra na Síria continua a fazer vítimas mortais. Um vídeo amador divulgado esta segunda-feira mostra o estado de uma localidade a este de Damasco, depois de um ataque aéreo no fim-de-semana. No ataque, 16 pessoas morreram e há várias dezenas de feridos.

  • Pescador resgatado de um lago gelado na Estónia
    1:08
  • Banco do Metro com pénis gera polémica no México

    Mundo

    Um banco em formato de homem com o pénis exposto, numa das carruagens de Metro da Cidade do México, está a gerar polémica. A iniciativa integra uma campanha contra o assédio sexual de que as mulheres são vítima no país.