sicnot

Perfil

Desporto

Polícia canadiana emite mandatos de captura para dois futebolistas brasileiros

A polícia de Toronto emitiu mandatos de detenção para dois atletas da seleção brasileira de futebol que participaram nos Jogos Pan Americanos, em julho passado, anunciou esta quinta-feira aquela força de segurança.

Os atletas são o médio Lucas Piazon (na imagem), que alinha no Reading, que disputa o Championship - segundo escalão de Inglaterra -, por empréstimo do Chelsea, e o guarda-redes Ventura, jogador do Botafogo (Brasil).

Os atletas são o médio Lucas Piazon (na imagem), que alinha no Reading, que disputa o Championship - segundo escalão de Inglaterra -, por empréstimo do Chelsea, e o guarda-redes Ventura, jogador do Botafogo (Brasil).

© USA Today Sports / Reuters

Andrey da Silva Ventura e Lucas Domingues Piazon são procurados com ligações a um crime sexual, que alegadamente terá ocorrido durante os Jogos Pan Americanos de Toronto no passado verão.

Os atletas são o médio Lucas Piazon, que alinha no Reading, que disputa o Championship - segundo escalão de Inglaterra -, por empréstimo do Chelsea, e o guarda-redes Ventura, jogador do Botafogo (Brasil).

Os jogadores conheceram a alegada vitíma de 21 anos de idade num clube noturno da baixa de Toronto, no dia 25 de julho, e foram para casa dela.

A polícia alega que os dois violaram a vitíma após ela ter adormecido, fugindo de seguida do local.

Os atletas regressaram ao Brasil a 27 de julho.

"Pode-se dizer que é frustrante. Seria melhor para a vitíma se eles (os alegados agressores) cooperassem", disse hoje, em conferência de imprensa a inspetora da polícia de Toronto Joanna Beaven-Desjardins.

A Ventura foi emitido um mandato para todo o território canadiano e vai ser inciado um processo para o trazer à justiça, apesar do Canadá não ter nenhum tratado de extradição com o Brasil.

A Lucas Piazon foi emitido um mandato para todo o território do Ontário, ou seja, as autoridades "não podem iniciar o processo de extradição", mas quando regressar ao Ontário "poderá ser detido".

"O Ministério Público tomou a decisão de diferentes mandatos de detenção. A polícia desconhece as razões", frisou a inspetora da unidade de crimes de cariz sexuais.

Esta é a segunda investigação da polícia de Toronto a atletas brasileiros que participaram na competição.

Em julho aquela força de segurança já tinha emitido um mandato de captura do jogador de pólo aquático Thye Mattos Ventura Bezerra, de 27 anos, também acusado de alegado crime sexual.

Quando foi emitido o mandato, o atleta já não se encontrava no Canadá.

Os Jogos Pan Americanos decorreram em Toronto entre 10 e 26 de julho, tendo neles participado cerca de seis mil atletas em representação de 41 países.

Lusa

  • "Não vou ceder, não vou render-me, não vou desistir da candidatura"
    2:02
  • Obama, Presidente francês?
    1:55

    Mundo

    A resposta é óbvia, mas não demoveu quatro franceses, descontentes com os candidatos às Presidenciais no seu país. A ideia começou como brincadeira, mas já recolheu 43 mil assinaturas. 

  • Trump apanhado a ensaiar no carro
    1:08
  • Mulheres democratas de branco para mostrar que não abdicam dos diretos conquistados

    Mundo

    Uma "mancha branca" sobressaiu esta terça-feira no Congresso norte-americano, durante o primeiro discurso de Donald Trump. A maioria das 66 mulheres representantes e delegadas do Partido Democrata vestiram-se de branco, num ato simbólico a fazer recordar o movimento sufragista feminino, que encorajava as apoiantes a vestirem-se de branco. Tal como então, a cor da pureza foi agora recuperada, desta feita para mostrar a Trump que as mulheres não abdicam dos direitos conquistados no início do século XX.

  • Treinador do "The Biggest Loser" teve ataque cardíaco

    Mundo

    Foi o próprio Bob Harper que partilhou a notícia no seu Instagram. O ex-treinador do famoso programa de televisão sofreu um ataque cardíaco enquanto treinava no ginásio. Esteve oito dias internado mas, felizmente, já está em casa a recuperar.

  • Prisões recebem manual para lidar com fugas
    2:07

    País

    O Governo vai fazer o maior investimento de sempre nos serviços prisionais. São 2.600 milhões de euros para reforçar a segurança nas prisões. Entretanto. já foi distribuído um manual de procedimentos em caso de fuga.