sicnot

Perfil

Desporto

Rosberg vence no regresso da Fórmula 1 ao México

O piloto alemão Nico Rosberg (Mercedes) conquistou este domingo a quarta vitória da temporada ao vencer o Grande Prémio do México de Fórmula 1, numa prova em que a Mercedes fez a 10ª dobradinha neste campeonato do mundo.

© Reuters Staff / Reuters

Na 17ª prova do calendário, que marcou o regresso da categoria rainha do desporto automóvel ao México, ao Autódromo Hermanos Rodríguez, após 23 anos de ausência, Rosberg teve uma corrida autoritária, concluindo um fim de semana em que já havia dominado também na qualificação.

Naquela que foi a sua quarta vitória da temporada, Rosberg apenas teve de se preocupar com o andamento do companheiro de equipa, Lewis Hamilton, mas o alemão mostrou sempre estar mais rápido, e mais acertado, do que o recém-coroado tricampeão mundial.

"Foi a melhor vitória do ano e que lugar para fazê-lo. Uma corrida emocionante, uma batalha emocionante com o Lewis. Absolutamente maravilhoso", afirmou o alemão após a corrida.

O germânico completou as 71 voltas (305,354 km) em 1:42.35,038 horas (média de 178,597 km/h) e bateu Hamilton por quase dois segundos, enquanto o finlandês Valtteri Botas (Williams) foi terceiro, a 14 segundos.

Com este triunfo, Rosberg recuperou a segunda posição do Mundial, com 272 pontos, mais 21 do que o compatriota Sebastian Vettel (Ferrari), que abandonou, enquanto Hamilton lidera com 345.

Uma corrida para esquecer teve a Ferrari, já que ainda antes de Vettel ter falhado uma travagem e ter batido, o finlandês Kimi Raikkonen envolveu-se num incidente com o compatriota Bottas, com prejuízo para o Ferrari, que acabou com a suspensão partida. É preciso recuar a 2006 para ver o último duplo abandono da 'scuderia' italiana.

Menos tempo em pista esteve o espanhol Fernando Alonso (McLaren-Honda). Depois de a equipa ter decidido trocar a unidade motriz e, por isso, ter sido penalizada com 10 lugares na grelha de partida (de ambos os carros), o duas vezes campeão mundial foi 'traído' precisamente pelo motor do seu monolugar na primeira volta da prova, que o obrigou a desistir pela sétima vez na época.

O campeonato de Fórmula 1 regressa no próximo dia 15 de novembro, dia em que se disputa a 18.ª e penúltima etapa, no autódromo de Interlagos, no Brasil.

Lusa

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.