sicnot

Perfil

Desporto

Tiago Monteiro vence segunda corrida na Tailândia em WTCC

O piloto português Tiago Monteiro (Honda) venceu hoje na Tailândia a segunda corrida da 11.ª e penúltima etapa do Mundial de carros de turismo (WTCC), que confirmou o argentino José María López (Citroen) como bicampeão.

No Circuito de Buriram, o piloto argentino não desperdiçou o primeiro match-point da temporada e somou aos cinco pontos da pole-position os 25 correspondentes à vitória na primeira corrida, beneficiando do abandono do principal rival, o companheiro de equipa francês Ivan Muller, para se sagrar bicampeão.

Tal como tinha sucedido na temporada anterior, a Citroen voltou a dominar por completo o campeonato, conseguindo 18 vitórias em 22 possíveis, nove das quais por intermédio de López.

Na primeira corrida de hoje o argentino terminou as 16 voltas ao traçado tailandês com 1,3 segundos de vantagem sobre o francês Sébastien Loeb (Citroen) e 6,3 sobre o chinês Ma Qing Hua (Citroen), com o português Tiago Monteiro a terminar em sétimo.

Na segunda corrida, o triunfo voltou a sorrir a Tiago Monteiro. O português, já com três vitórias na temporada, foi, até a agora, a par do húngaro Norbert Michelisz (venceu uma vez), o único não Citroen a conseguir vencer uma corrida, quando falta apenas uma prova para o final a época de 2015.

"Foi uma corrida muito dura. Andei sempre nos limites como se estivesse, sistematicamente, a fazer voltas rápidas de qualificação, mas simplesmente porque percebi que só assim conseguia passar para a frente. A ultrapassagem correu na perfeição e estou muito feliz com esta vitória não só por mim, mas por toda a equipa", afirmou o português citado pela sua assessoria de imprensa.

Saído da segunda posição, depois de ter feito o nono tempo na qualificação (os 10 primeiros lugares da grelha invertem face à primeira corrida), o português superou Michelisz e acabou por vencer a prova, interrompida a duas voltas do fim, por razões de segurança, devido à perda de visibilidade.

A dois segundos do portuense terminou o Loeb, enquanto o chinês Ma Qing Hua, a 7,7 segundos, ficou no terceiro posto.

Com apenas uma etapa para o final da época, o português, atualmente na quinta posição do campeonato com 196 pontos, tem ainda a possibilidade de subir ao quarto posto, já que Ma segue a 14.

"Sempre foi essa a meta e está sem dúvida mais próximo de ser conseguida. Este fim-de-semana, numa pista difícil para o nosso carro, este resultado é ouro sobre azul. Para a última prova no Qatar temos de manter o mesmo nível. Mais um pódio ser excecional", disse

A 12.ª e última prova de 2015 corre-se no Qatar, no Circuito de Losail, numa prova que terá características diferentes do habitual. Vai-se correr de noite e, em vez do habitual domingo, a corrida disputa-se numa sexta-feira, a 27 de novembro.

Lusa

  • Passos explica porque se irritou com Costa
    0:42

    Economia

    Depois das imagens em que surgiu visivelmente irritado com António Costa, no último debate quinzenal, Passos Coelho veio agora explicar porquê. Na discussão com o primeiro-ministro, o líder do PSD não gostou que Costa tivesse insinuado que a fuga de 10 mil milhões de euros para offshores tenha ocorrido por inação do Governo anterior.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas.

  • Luaty Beirão agredido em manifestação em Luanda
    1:27

    Mundo

    Luanda tem sido palco de várias manifestações contra a forma como está a decorrer o processo eleitoral em Angola. Esta sexta-feira, uma dessas manifestações acabou em confrontos com as autoridades. Entre os manifestantes estava o ativista Luaty Beirão.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato.