sicnot

Perfil

Desporto

Árbitros querem decisões "céleres e firmes" contra declarações polémicas

A Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF) apelou hoje à tomada de decisões "céleres e firmes" de órgãos disciplinares e tutela, no sentido de travar "as crescentes insinuações, comentários e opiniões" que estão a afetar o setor.

© Miguel Vidal / Reuters

"Aos órgãos disciplinares, apelamos para que as suas decisões sejam céleres e firmes, que façam cumprir o que está regulamentado, sobre qualquer agente desportivo, inclusive agentes da arbitragem", indicou o organismo sindical, em comunicado.

A APAF pediu ainda "a todos os titulares de órgãos eleitos para gerir e supervisionar o futebol, o favor de o fazerem de forma firme e clara, no sentido de defenderem efetivamente a valorização do futebol", criando "regras e penalizações adequadas para quem não cumpra".

"Apelamos a quem tem sido protagonista destes episódios, seja através da opinião inflamada seja na sua divulgação extremada e repetida, que considerem a importância do seu papel no futebol e os impactos nocivos que essas têm na opinião pública em geral e nas atuações, trabalho e quotidiano dos árbitros de futebol, em particular", assinalou.

A APAF lamentou que pessoas com responsabilidade elevada no futebol português façam de forma reiterada declarações no espaço público que geram "um clima de permanente desconfiança, suspeição e intolerância".

A APAF advertiu que "se o clima de terrorismo verbal se mantiver e se as consequências pessoais que os árbitros têm enfrentado persistirem e galoparem como até aqui", tomará medidas "adequadas e justas" para o contrariar, sem especificar quais.

Lusa

  • A fuga dos PIDES
    1:16

    Perdidos e Achados

    Ao final do dia 29 de Junho de 1975, 89 agentes da PIDE fugiam da cadeia de Vale de Judeus, em Alcoentre. Mais de 40 anos depois, Perdidos e Achados recupera um dos acontecimentos do Verão Quente em Portugal. Hoje no Jornal da Noite e conteúdos exclusivos no site.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Uma volta a Portugal. De bicicleta mas sem licra

    País

    Um grupo de professores propõe-se a repetir o percurso da 1.ª Volta a Portugal em Bicicleta, 90 anos depois. Não se trata de uma corrida, pelo contrário querem provar que qualquer um o pode fazer e promover o uso da bicicleta como meio de transporte pessoal. “Dar a volta” parte para a estrada esta quarta-feira, de Lisboa a Setúbal, tal como em 26 de abril de 1927.

    Ricardo Rosa

  • Casa Madonna di Fatima em Roma é um lar de idosos com 9 irmãs portuguesas
    4:29

    Mundo

    A mais antiga igreja dedicada à Senhora de Fátima em Roma tem mais de 50 anos. Foi construída pelas franciscanas hospitaleiras do Imaculado Coração, uma congregação fundada em Portugal. Hoje, as religiosas portuguesas gerem um lar na mesma rua, mas o templo foi entregue a uma congregação italiana.