sicnot

Perfil

Desporto

Equipa de Tiago Monteiro vai recorrer da desclassificação do piloto em Xangai

A equipa do português Tiago Monteiro, JAS Motorsport, decidiu esta segunda-feira recorrer ao Tribunal Internacional de Apelação da FIA da desclassificação imposta ao portuense depois do triunfo na segunda corrida de Xangai, no campeonato mundial de carros de turismo.

No domingo, no final daquela que seria a sua terceira vitória da temporada, no Circuito de Buriram, o português acabou excluído da classificação oficial da segunda corrida. (Arquivo)

No domingo, no final daquela que seria a sua terceira vitória da temporada, no Circuito de Buriram, o português acabou excluído da classificação oficial da segunda corrida. (Arquivo)

© Jose Manuel Ribeiro / Reuters

"Lamento imenso pelo Tiago que fez uma corrida excecional. [após a primeira corrida]. A equipa fez tudo o que podia para reparar o carro e, como é óbvio, verificamos a altura ao solo que estava perfeita. Do nosso ponto de vista, o Tiago merece esta vitória e, por isso, vamos apelar da decisão porque entendemos que a infração foi resultado do acidente da primeira corrida e não uma intenção deliberada de desrespeitar os regulamentos" afirmou, citado pela assessoria do piloto, Alessandro Mariani, responsável da Honda.

No domingo, no final daquela que seria a sua terceira vitória da temporada, no Circuito de Buriram, o português acabou excluído da classificação oficial da segunda corrida, uma vez que, segundo as verificações técnicas realizadas ao Honda número 18, este não respeitava a altura mínima regulamentar em relação ao solo (60 milímetros).

Quanto ao piloto, disse "não ter dúvidas de ter ganho a corrida em pista" e que deixa agora a decisão nas mãos de quem tem o direito de decidir.

Certo é que com a desclassificação, e até decisão oficial contrária, Monteiro perdeu os 25 pontos referentes à vitória, descendo da quarta para a sétima posição do campeonato, com 171 pontos.

Lusa

  • A casa dos horrores
    7:57
  • PGR e presidente do Supremo deixam recado à ministra da Justiça
    2:45

    País

    Durante a abertura do ano judicial, a Procuradora-Geral da República e o presidente do Supremo Tribunal aproveitaram para deixar um recado à ministra da Justiça: é urgente aprovar o novo estatuto de juízes e magistrados. O presidente do Supremo diz que é injusta a má imagem da Justiça e pediu contenção aos magistrados.

  • Rui Rio tem sentido "alguma turbulência" no PSD
    2:01

    País

    Rui Rio e Pedro Passos Coelho tiveram esta quinta-feira a primeira reunião, desde que foi eleito o novo líder do PSD. À saída, Passos Coelho desejou que esta transição decorra com naturalidade. Já Rui Rio disse que tem sentido alguma turbulência no partido.

  • Sindicatos rejeitam fim das baixas médicas até três dias
    2:02

    País

    A CGTP quer levar o tema das baixas médicas à Concertação Social, já a UGT diz que há outras matérias prioritárias. Ainda assim as duas centrais sindicais lembram que a não justificação de faltas pode dar origem a um despedimento por justa causa. Esta quinta-feira o bastonário da Ordem dos Médicos propôs ao Governo que acabe com as baixas de curta duração, até três dias.

  • Papa interrompe percurso no Chile para ajudar polícia
    0:21
  • "Mundo à Vista" no Gana
    7:38