sicnot

Perfil

Desporto

Equipa de Tiago Monteiro vai recorrer da desclassificação do piloto em Xangai

A equipa do português Tiago Monteiro, JAS Motorsport, decidiu esta segunda-feira recorrer ao Tribunal Internacional de Apelação da FIA da desclassificação imposta ao portuense depois do triunfo na segunda corrida de Xangai, no campeonato mundial de carros de turismo.

No domingo, no final daquela que seria a sua terceira vitória da temporada, no Circuito de Buriram, o português acabou excluído da classificação oficial da segunda corrida. (Arquivo)

No domingo, no final daquela que seria a sua terceira vitória da temporada, no Circuito de Buriram, o português acabou excluído da classificação oficial da segunda corrida. (Arquivo)

© Jose Manuel Ribeiro / Reuters

"Lamento imenso pelo Tiago que fez uma corrida excecional. [após a primeira corrida]. A equipa fez tudo o que podia para reparar o carro e, como é óbvio, verificamos a altura ao solo que estava perfeita. Do nosso ponto de vista, o Tiago merece esta vitória e, por isso, vamos apelar da decisão porque entendemos que a infração foi resultado do acidente da primeira corrida e não uma intenção deliberada de desrespeitar os regulamentos" afirmou, citado pela assessoria do piloto, Alessandro Mariani, responsável da Honda.

No domingo, no final daquela que seria a sua terceira vitória da temporada, no Circuito de Buriram, o português acabou excluído da classificação oficial da segunda corrida, uma vez que, segundo as verificações técnicas realizadas ao Honda número 18, este não respeitava a altura mínima regulamentar em relação ao solo (60 milímetros).

Quanto ao piloto, disse "não ter dúvidas de ter ganho a corrida em pista" e que deixa agora a decisão nas mãos de quem tem o direito de decidir.

Certo é que com a desclassificação, e até decisão oficial contrária, Monteiro perdeu os 25 pontos referentes à vitória, descendo da quarta para a sétima posição do campeonato, com 171 pontos.

Lusa

  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.