sicnot

Perfil

Desporto

Mitroglou e Fejsa em dúvida para receção ao Galatasaray

Rui Vitória vai ser obrigado a mexer na equipa do Benfica no jogo desta terça-feira da Liga dos Campeões, com o Galatasaray. O grego Mitroglou e o sérvio Fejsa falharam o treino desta segunda-feira e ambos estão em dúvida para o encontro, devido a problemas físicos.

O avançado grego poderá falhar o quarto jogo das águias na Champions.

O avançado grego poderá falhar o quarto jogo das águias na Champions.

© Hugo Correia / Reuters

Uma ausência certa é a de Samaris, que cumpre castigo por ter atingido a marca de três cartões amarelos na competição.

Luisão e Jardel também estão em risco de falhar o jogo seguinte do grupo C, com o Astana, caso vejam amarelo neste jogo com os turcos.

O jogo Benfica- Galatasary joga-se amanhã às 19:45 no Estádio da Luz e vai ter arbitragem do sérvio Milorad Mazic.

  • Benfica recebe amanhã o Galatasaray
    2:00

    Desporto

    O Benfica joga amanhã com o Galatasaray no quarto jogo da Liga dos Campeões.Uma vitória pode deixar turcos de lado e colocar a equipa portuguesa no caminho do apuramento à fase seguinte.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.