sicnot

Perfil

Desporto

Marc Marquez quer esquecer incidentes e concentrar-se no Mundial de MotoGP

O piloto espanhol Marc Marquez (Honda) manifestou esta terça-feira o desejo de que os incidentes ocorridos no Grande Prémio da Malásia "fiquem para trás" para que todos "possam concentrar-se na corrida" de Valência, a último do Mundial de MotoGP.

O GP da Malásia, disputado a 25 de outubro, ficou marcado por um incidente entre Marc Marquez (na imagem), campeão em título, e o italiano Valentino Rossi (Yahama).

O GP da Malásia, disputado a 25 de outubro, ficou marcado por um incidente entre Marc Marquez (na imagem), campeão em título, e o italiano Valentino Rossi (Yahama).

© Brandon Malone / Reuters

"Foi uma semana difícil por tudo o que sucedeu na Malásia, mas tenho feito todo o possível para deixá-los para trás e concentrar-me nos treinos e na preparação da última corrida da temporada", afirmou o piloto, numa nota de imprensa divulgada pela sua equipa.

O GP da Malásia, disputado a 25 de outubro, ficou marcado por um incidente entre Marc Marquez, campeão em título, e o italiano Valentino Rossi (Yahama).

Rossi foi penalizado por ter tocado com o pé na moto do espanhol, quando lutavam pelo terceiro lugar no Grande Prémio da Malásia, e vai partir do último lugar da grelha para o GP da Comunidade Valenciana.

Valentino Rossi e Marc Marquez já tinham tido uma acesa troca de palavras na conferência de imprensa da véspera da corrida, com o italiano a dizer após a prova que o espanhol estava a correr para lhe "criar problemas".

O incidente entre os dois pilotos tem motivado várias reações sobretudo nas redes sociais, nas quais o piloto espanhol tem sido acusado de ter provocado o italiano.

Entretanto, o piloto italiano recorreu para o Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) da punição imposta pela Federação Internacional de Motociclismo, que o obrigará a arrancar do fim da grelha de partida na última corrida de MotoGP.

O clima de tensão que o incidente entre Valentino Rossi e Marc Marquez gerou nos bastidores levou a federação internacional (FIM) e a Dorna, empresa organizadora do campeonato, a cancelar a conferência de imprensa prévia ao Grande Prémio de Valência.

Com um grande prémio por disputar, Valentino Rossi lidera a classificação do Mundial, com sete pontos de avanço sobre o espanhol Jorge Lorenzo, segundo.

Lusa

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.

  • Tribunal chinês iliba jovem executado há 21 anos

    Mundo

    Nie Shubin foi fuzilado em 1995, na altura com 20 anos, depois de ter sido condenado por violação e assassinato de uma mulher, na cidade de Shijiazhuang. Agora, a justiça chinesa vem dizer que, afinal, o jovem era inocente, uma vez que não foram encontradas provas suficientes para o condenar.