sicnot

Perfil

Desporto

Benzema detido por suspeita de chantagem a Mathieu Valbuena

O futebolista francês do Real Madrid Karim Benzema foi detido hoje por suspeita de envolvimento na tentativa de chantagem ao médio do Lyon Mathieu Valbuena, com um vídeo de cariz sexual.

reuters

Uma fonte ligada ao processo revelou à agência noticiosa AFP que o internacional francês, colega de Cristiano Ronaldo no Real Madrid, entrou nas instalações da polícia de Versalhes, nos arredores de Paris, na manhã de hoje, mantendo-se detido para interrogatório.

O veterano futebolista francês Djibril Cissé, de 34 anos, também chegou a ser detido pelas autoridades no âmbito do mesmo processo, mas acabou libertado, a 13 de outubro.

Outras três pessoas foram também detidas por suspeita de terem chantageado Valbuena com um vídeo de cariz de sexual que envolve o jogador do Lyon, cuja existência as autoridades francesas continuam a afirmar não estar provada.

No coração da investigação está um vídeo de cariz sexual em que aparecerá Valbuena e que terá servido para chantagear o jogador.

De acordo com uma fonte ligada à investigação, Benzema terá falado desse mesmo vídeo a Valbuena a 5 de outubro, quando os dois se encontravam no estágio da seleção francesa com vista aos jogos com a Arménia e a Dinamarca.

As três pessoas já detidas terão contactado alguém próximo de Benzema, com o objetivo de o levarem a falar com Valbuena e o que a polícia pretende averiguar é se o jogador 'merengue' foi um cúmplice na chantagem ou um amigo.

"Era um simples conselho de amigo para o livrar desta história ou estava a fazer pressão para que ele [Valbuena] pagasse?", disse a fonte ligada à investigação do caso que se arrasta desde junho.

Foi nessa ocasião que Valbuena apresentou uma queixa depois de ser contactado por um estranho, o qual alegava ter em sua posse um vídeo íntimo que o comprometia e propunha que se fizesse um acordo.

A partir daí as negociações começaram entre um responsável da polícia, que se fazia passar por uma pessoa próxima de Valbuena, e o chantagista, que ameaçava divulgar o vídeo antes do Europeu de 2016, em França, caso não fosse pago.

A investigação direcionou as autoridades para pessoas próximas de Valbuena, um dos quais das relações pessoais do médio e que teria um telemóvel com o vídeo sexual, enquanto os outros dois eram familiares do ex-futebolista Djibril Cisse.

Cissé, que tinha alertado Valbuena para os rumores de um vídeo, chegou a estar em custódia, a 13 de outubro, para ser ouvido, mas a investigação concluiu que o ex-jogador estava de boa-fé e não foram levantadas queixas contra ele.

Após o verão, os infratores, na chantagem, decidiram contactar alguém próximo de Benzema, um homem residente em Lyon e que as autoridades já conheciam.

A audição ao avançado do Real Madrid tem como objetivo esclarecer a razão da conversa que teve com Valbuena, enquanto os três chantagistas, dois de Marselha e um de Val d'Oise, estão detidos desde meados de outubro, por "chantagem e participação em associação criminosa".

Ironicamente, a investigação demonstrou que dois deles, de Marselha, são os mesmos que tentaram chantagear, igualmente com um vídeo de sexo, Cisse, em 2008.