sicnot

Perfil

Desporto

Mourinho agradece a adeptos do Chelsea, que "voltaram a demonstrar" que o querem

O treinador do Chelsea, José Mourinho, agradeceu hoje o apoio dos adeptos dos 'blues' durante a partida do Grupo G da Liga dos Campeões em futebol contra o Dínamo Kiev, que a equipa inglesa venceu por 2-1.

© Reuters Staff / Reuters

Para José Mourinho, os adeptos do Chelsea "voltaram a demonstrar" que apoiam a sua permanência no clube londrino.

"Quando regressei ao clube, na minha primeira partida em casa, todo o estádio entoou o meu nome. Mas, o que aconteceu hoje, não é comparável. Foi incrível. Sobretudo num momento em que os resultados não são os melhores e em que a imprensa pede constantemente a minha demissão", disse, em conferência de imprensa no final da partida.

Os adeptos do Chelsea quiseram hoje demonstrar o seu apoio ao técnico português, exibindo cartazes e entoando cânticos de apoio a Mourinho durante os 90 minutos do jogo.

"Os aplausos e os cânticos demonstram que me querem aqui, que me apreciam. Os adeptos mostram a sua paixão pelo clube. E apoiarem o treinador é uma forma de apoiarem o clube", considerou.

Com a vitória de hoje frente ao Dínamo Kiev, da quarta jornada do Grupo G da Liga dos Campeões de futebol, o Chelsea subiu ao segundo posto do Grupo G, somando agora sete pontos, menos três do que o líder FC Porto e com dois de vantagem para o terceiro, que é agora o Dínamo Kiev.

No final da partida, Mourinho mostrou-se elogiou a reação da equipa ao golo do empate ucraniano.

"A vitória é um grande alívio. Os jogadores merecem esta compensação pelo trabalho duro que têm vindo a fazer. Muitos jogadores estão a chegar aos níveis normais", afirmou o treinador após o jogo.

Lusa

  • Nascentes do Douro e Tejo estão praticamente secas
    2:55
  • "Para ele, um 'não' não foi suficiente"
    3:39
  • "Diálogos" de Catarina Neves duplamente premiado no festival Muvi
    2:12
  • Isabel II e Filipe de Edimburgo celebram 70 anos de casamento
    0:44

    Mundo

    A rainha Isabel II de Inglaterra e Filipe de Edimburgo celebram hoje 70 anos de casamento. Em dia de comemoração, o Palácio de Buckingham divulgou novas fotografias do casal cuja união é a mais duradora dentro das casas reais. Isabel casou com 21 anos. Seis anos depois foi coroada rainha por ocasião da morte do pai. A rainha e o marido têm quatro filhos, entre eles o herdeiro ao trono, Carlos, oito netos e cinco bisnetos.

  • Um negócio familiar destruído pelas chamas
    8:36