sicnot

Perfil

Desporto

Presidente do Trabzonspor da Turquia suspenso por reter árbitro no estádio

O presidente do Trabzonspor, Ibrahim Haciosmanoglu, foi suspenso por dez meses e multado em 48.500 euros por ter retido o árbitro do último jogo para a liga turca de futebol, anunciou hoje a federação do país.

© Giorgio Perottino / Reuters

A Federação Turca de Futebol também decretou que o Trabzonspor jogará os dois próximos jogos do campeonato em casa à porta fechada.

Haciosmanoglu manteve retido o árbitro Cagatay Sahan, do último jogo a contar para a liga turca, e os restantes elementos da equipa de arbitragem, só os libertando depois de receber uma chamada do Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan.

O presidente do Trabzonspor queixou-se da arbitragem, por esta não ter assinalado um penálti a seu favor, e manteve a mesma dentro do estádio durante quatro horas.

O jogo de quarta-feira da semana passada contra o Gaziantepspor, a contar para a 10.ª jornada, terminou empatado 2-2, no estádio Hüseyin Avni Aker.

Quando informado sobre o assunto, o presidente do clube, que estava em Istambul, a cerca de 900 quilómetros de Trebizonda, ordenou que não deixassem o árbitro abandonar as instalações, prometendo que ia apanhar um avião privado para se deslocar ao recinto.

Depois disto, Haciomasnoglu ligou para a emissora de televisão 'A Spor', para se queixar em direto da atuação do árbitro, e utilizou expressões como "se temos que morrer, morreremos como homens, mas nunca viveremos como mulheres", reafirmando que o árbitro não podia sair do estádio sem que ele chegasse.

Quatro horas mais tarde, uma chamada telefónica do Presidente da Turquia conseguiu acalmar o empresário, que deu permissão para o árbitro abandonar o estádio.

O Trabzonspor ocupa atualmente a nona posição da tabela classificativa e tem no seu plantel o português José Bosingwa e o paraguaio ex-Benfica Óscar Cardozo.

Lusa

  • Quando se pode circular pela esquerda? A GNR explica (e fiscaliza)
    5:46

    Edição da Manhã

    A regra aplica-se a autoestradas e outras vias com esse perfil mas dentro das localidades há exceções. A Guarda Nacional Republicana está a promover em todo o território nacional várias ações de sensibilização e fiscalização no sentido de prevenir e reprimir a circulação de veículos pela via do meio ou da esquerda quando não exista tráfego nas vias da direita. O major Paulo Gomes, da GNR, esteve na Edição da Manhã. 

  • Jovens impedidas de embarcar de leggings

    Mundo

    A moda das calças-elásticas-super-justas volta a fazer estragos. Desta vez nos EUA onde duas adolescentes foram impedidas de embarcar num voo da United Airlines devido à indumentária, que não cumpria com as regras dos tripulantes ou acompanhantes da companhia aérea norte-americana.

    Manuela Vicêncio

  • O pedido de desculpas de Dijsselbloem
    2:12

    Mundo

    O Governo português continua a mostrar a indignação que diz sentir perante as declarações do presidente do Eurogrupo. O ministro dos Negócios Estrangeiros português garante que com Dijsselbloem "não há conversa possível". Jeroen Dijsselbloem começou por recusar pedir desculpa mas depois cedeu perante a onda de indignação.

  • A primeira vez do Sr. Árbitro
    12:41