sicnot

Perfil

Desporto

Tribunal romeno concede liberdade condicional a Popescu

Um tribunal romeno concedeu esta quarta-feira liberdade condicional a Gheorghe Popescu, depois de o antigo futebolista internacional romeno ter cumprido uma pena de prisão de um ano e oito meses por fraude fiscal e branqueamento de capitais.

Popescu foi condenado, em conjunto com sete outras pessoas ligadas ao futebol romeno, por crimes cometidos entre 1999 e 2005 relativos a transferências de jogadores. (Arquivo)

Popescu foi condenado, em conjunto com sete outras pessoas ligadas ao futebol romeno, por crimes cometidos entre 1999 e 2005 relativos a transferências de jogadores. (Arquivo)

© Reuters Photographer / Reuters

O juiz considerou que o tempo de prisão efetiva cumprido por Popescu, que foi condenado em março de 2014 a uma pena de três anos e um mês, "foi suficiente para reeducar o condenado", até porque escreveu vários livros durante o período em que esteve encarcerado.

O sistema penal romeno prevê reduções até 30 dias de prisão por cada livro escrito durante o período de cumprimento da pena, o que leva muitos presos a escreverem vários livros.

Popescu foi condenado, em conjunto com sete outras pessoas ligadas ao futebol romeno, por crimes cometidos entre 1999 e 2005 relativos a transferências de jogadores, que, segundo a sentença, custaram ao Fisco um milhão de euros e aos clubes envolvidos perto de sete milhões.

Lusa

  • Portugueses divididos na recondução da procuradora-geral da República
    1:31
  • "Os castigos incluiam sovas frequentes e até estrangulamento"
    5:03
  • Teste ao sangue deteta oito tipos de cancro

    Mundo

    Um novo teste sanguíneo experimental permitiu detetar precocemente os oito cancros mais frequentes em 70 por cento dos casos, de acordo com um estudo publicado na revista Nature feito por investigadores nos Estados Unidos.