sicnot

Perfil

Desporto

Tribunal romeno concede liberdade condicional a Popescu

Um tribunal romeno concedeu esta quarta-feira liberdade condicional a Gheorghe Popescu, depois de o antigo futebolista internacional romeno ter cumprido uma pena de prisão de um ano e oito meses por fraude fiscal e branqueamento de capitais.

Popescu foi condenado, em conjunto com sete outras pessoas ligadas ao futebol romeno, por crimes cometidos entre 1999 e 2005 relativos a transferências de jogadores. (Arquivo)

Popescu foi condenado, em conjunto com sete outras pessoas ligadas ao futebol romeno, por crimes cometidos entre 1999 e 2005 relativos a transferências de jogadores. (Arquivo)

© Reuters Photographer / Reuters

O juiz considerou que o tempo de prisão efetiva cumprido por Popescu, que foi condenado em março de 2014 a uma pena de três anos e um mês, "foi suficiente para reeducar o condenado", até porque escreveu vários livros durante o período em que esteve encarcerado.

O sistema penal romeno prevê reduções até 30 dias de prisão por cada livro escrito durante o período de cumprimento da pena, o que leva muitos presos a escreverem vários livros.

Popescu foi condenado, em conjunto com sete outras pessoas ligadas ao futebol romeno, por crimes cometidos entre 1999 e 2005 relativos a transferências de jogadores, que, segundo a sentença, custaram ao Fisco um milhão de euros e aos clubes envolvidos perto de sete milhões.

Lusa

  • Troika nem sempre protegeu os mais vulneráveis, conclui avaliação do FMI

    Economia

    O organismo de avaliação independente do FMI concluiu que as medidas aplicadas pela troika em Portugal nem sempre protegeram as pessoas com menos rendimentos, apontando que a primeira preocupação do Fundo era a redução dos défices, apurou o gabinete independente de avaliação do Fundo Monetário Internacional (FMI),

  • "A maioria das pessoas que criticou André Ventura nunca viveu esses problemas"
    3:43

    Opinião

    A polémica em torno das declarações do candidato do PSD à Câmara de Loures, André Ventura, sobre o modo de vida da etnia cigana no concelho, esteve em análise no Jornal da Noite desta segunda-feira. Miguel Sousa Tavares defende que "os problemas existem mas não podem ser generalizados". O comentador SIC considera, ainda assim, que André Ventura tem razão quando diz que "a maioria das pessoas que o criticou nunca viveu esses problemas".

    Miguel Sousa Tavares