sicnot

Perfil

Desporto

Sporting de Braga joga em Marselha sob protesto após furto de chuteiras

O Sporting de Braga vai disputar o jogo de hoje da Liga Europa de futebol diante do Marselha sob protesto, devido ao furto das chuteiras de que foi alvo no Velódrome, o estádio da equipa francesa.

SEBASTIEN NOGIER

Fonte oficial do clube minhoto disse à Lusa que a equipa treinada por Paulo Fonseca vai "jogar, mas sob protesto", e informou ainda que o Sporting de Braga está a providenciar chuteiras de três marcas distintas, mas, como em Marselha não há capacidade de resposta para tal, elas chegarão, "em aviões privados", de outras partes de França para as terem a tempo do jogo.

A mesma fonte revelou ainda que a polícia científica gaulesa esteve no Velódrome e "confirmou que não houve arrombamento dos balneários" onde ficou guardado o material desportivo do Sporting de Braga.

A UEFA confirmou, entretanto, a realização do jogo: "Confirmamos o sucedido. Os dois clubes estão a trabalhar em conjunto para encontrar uma solução, por exemplo substituir as chuteiras. O jogo vai ocorrer como marcado, às 19:00 [locais, 18:00 em Lisboa]", disse à agência Lusa fonte oficial da UEFA.

As chuteiras de todos os jogadores de futebol do Sporting de Braga foram furtadas do balneário do Estádio Velódrome, em Marselha.

Segundo a mesma fonte bracarense, o Sporting de Braga realizou na quarta-feira o habitual treino de adaptação ao relvado e, no final, rumou ao hotel onde está instalado, deixando no balneário que lhe foi destinado no recinto marselhês, "e que foi trancado", os diversos equipamentos, conforme prática corrente nas competições europeias.

Hoje de manhã, quando alguns responsáveis bracarenses se deslocaram ao estádio para a normal reunião com elementos da UEFA, os técnicos de equipamento do clube minhoto depararam-se com o furto de todas as chuteiras dos 20 jogadores convocados.

"Estamos a falar de dois, três pares de chuteiras por jogador. A única solução, na impossibilidade de mandar vir de Braga, seria ir comprar novas", com todos os riscos de lesões que o uso de chuteiras novas implica para os jogadores, explicou à Lusa.

O jogo entre Marselha e Sporting de Braga, da quarta ronda do grupo F da Liga Europa, está marcado para as 18:00.

Lusa

  • Mais de um milhão de crianças em risco de morrer à fome
    1:23

    Mundo

    Cerca de 1.4 milhões de crianças estão em risco iminente de morrer à fome. Deste modo, a UNICEF faz um apelo urgente de cerca de 230 milhões de euros para levar nos próximos meses comida, água e serviços médicos a estas crianças. As imagens desta reportagem podem impressionar os espectadores mais sensíveis.

  • Vídeo amador mostra destruição na Síria
    1:04

    Mundo

    A guerra na Síria continua a fazer vítimas mortais. Um vídeo amador divulgado esta segunda-feira mostra o estado de uma localidade a este de Damasco, depois de um ataque aéreo no fim-de-semana. No ataque, 16 pessoas morreram e há várias dezenas de feridos.

  • Partidos querem eleições a 1 de outubro
    1:35
  • Identificadas 10 mil vítimas de violência em 2016
    1:32
  • Homem que esfaqueou mulher em Esmoriz é acusado de homicídio qualificado
    1:24

    País

    O homem que no sábado esfaqueou a mulher em Esmoriz está acusado de homicídio qualificado. O arguido de 50 anos foi ouvido esta segunda-feira pelo juiz de instrução e ficou em prisão preventiva, uma medida fundamentada pelo perigo de fuga e de alarme. O homem remeteu-se ao silêncio durante o interrogatório, no Tribunal de Aveiro.

  • Homem condenado a oito anos e meio por abuso sexual da mãe
    1:10

    País

    O Tribunal de Coimbra condenou esta segunda-feira um homem de 53 anos a oito anos e meio de prisão por abuso sexual da mãe e ainda por crimes de roubo e coação. A mãe, de 70 anos, sofria de problemas nervosos e consumia bebidas alcoólicas com frequência, tendo sido vítima de abuso sexual por parte do filho enquanto dormia. Os crimes cometidos remetem para o início de 2016, depois do homem já ter cumprido outras penas de prisão em Espanha.

  • Jovem de 21 anos morre colhida por comboio na linha da Beira Baixa
    0:43

    País

    Uma jovem de 21 anos morreu esta segunda-feira ao ser atropelada pelo comboio Intercidades à saída da estação de Castelo Branco, na linha da Beira Baixa. A vítima foi colhida pelo comboio que seguia no sentido Lisboa-Covilhã ao atravessar a linha de caminho de ferro. Este é um local onde não existe passagem de nível, mas habitualmente muitas pessoas arriscam fazer a travessia da linha.

  • Banco do Metro com pénis gera polémica no México

    Mundo

    Um banco em formato de homem com o pénis exposto, numa das carruagens de Metro da Cidade do México, está a gerar polémica. A iniciativa integra uma campanha contra o assédio sexual de que as mulheres são vítima no país.