sicnot

Perfil

Desporto

Jorge Mendes diz que Cristiano Ronaldo vai terminar carreira no Real Madrid

Jorge Mendes, empresário do futebolista Cristiano Ronaldo, afirmou esta sexta-feira que o internacional português deverá continuar no Real Madrid e poderá mesmo terminar a carreira no clube espanhol, que já representa desde 2009.

"Existe muita especulação e aparece uma nova história todos os dias, mas se me perguntam sobre o futuro do Cristiano Ronaldo, eu respondo que ele vai continuar no Real Madrid e vai terminar a carreira no Real Madrid", afirmou o empresário do internacional português. (Arquivo)

"Existe muita especulação e aparece uma nova história todos os dias, mas se me perguntam sobre o futuro do Cristiano Ronaldo, eu respondo que ele vai continuar no Real Madrid e vai terminar a carreira no Real Madrid", afirmou o empresário do internacional português. (Arquivo)

© Sergio Perez / Reuters

"Existe muita especulação e aparece uma nova história todos os dias, mas se me perguntam sobre o futuro do Cristiano Ronaldo, eu respondo que ele vai continuar no Real Madrid e vai terminar a carreira no Real Madrid", afirmou Jorge Mendes à televisão britânica Sky Sports.

O empresário português, que falava na apresentação do novo documentário sobre a vida de Cristiano Ronaldo, negou qualquer possibilidade do capitão da seleção lusa regressar ao Manchester United, clube que representou entre 2003 e 2009.

"Há rumores, mas não passam disso. Ele está feliz no Real Madrid", frisou Mendes.

Aos 30 anos, Ronaldo já marcou na sua carreira 504 golos em 760 partidas de seleção e clubes.

Desde que chegou ao Real Madrid, em 2009, o jogador português fez 326 golos em 314 jogos, tornando-se no melhor marcador da história dos 'merengues'.

Lusa

  • Roger Moore, o ator que foi 007 e um Santo
    1:26

    Cultura

    Morreu Roger Moore. O ator britânico tinha 89 anos e morreu na Suíça, vítima de cancro. Ficou conhecido pelo mítico papel de James Bond entre os anos 70 e 80, tendo sido o ator que mais tempo se manteve no papel. Em 2003, foi condecorado pela rainha Isabel II e tornou-se Sir Roger Moore.

  • Ucrânia limita utilização do russo na televisão

    Mundo

    O Parlamento da Ucrânia aprovou esta terça-feira uma lei que determina que três quartos dos programas televisivos dos canais nacionais devem ser transmitidos em ucraniano, medida que visa limitar o uso da língua russa naquele país.