sicnot

Perfil

Desporto

Mourinho disse a árbitros do jogo com o West Ham que eram fracos

O treinador do Chelsea, José Mourinho, acusou os árbitros do encontro com o West Ham de serem fracos, o que levou a que fosse castigado com um jogo de suspensão na Liga inglesa de futebol.

Por ter sido expulso ao intervalo do encontro com o West Ham, Mourinho foi punido com uma suspensão de um jogo e multa de 56 mil euros, na sequência da conduta considerada imprópria.

Por ter sido expulso ao intervalo do encontro com o West Ham, Mourinho foi punido com uma suspensão de um jogo e multa de 56 mil euros, na sequência da conduta considerada imprópria.

© Reuters Staff / Reuters

De acordo com o relatório do árbitro, hoje tornado público pela Federação Inglesa de Futebol (FA), José Mourinho esteve no balneário da equipa de arbitragem, liderada por Jon Moss, ao intervalo do encontro com os 'hammers' para questionar os juízes sobre uma entrada de um jogador, um fora de jogo e um golo não validado ao Chelsea.

"Depois disto pedi-lhe para deixar o balneário. Ele recusou. Pedi-lhe de novo. Depois de ele recusar de novo, pedi ao sr. Sutton [chefe de segurança do West Ham] para o acompanhar para o exterior do balneário. Nesse momento, Mourinho tornou-se muito agressivo e agitado. Ele gritou que vocês árbitros são uns fracos. Wenger tem razão, vocês são fracos", lê-se no relatório do árbitro.

Por ter sido expulso ao intervalo do encontro com o West Ham, Mourinho foi punido com uma suspensão de um jogo e multa de 56 mil euros, na sequência da conduta considerada imprópria.

O Chelsea, que cumprirá a 12.ª jornada sábado, no terreno do Stoke City (onde foi eliminado, na passada semana para a Taça da Liga inglesa), é 15.º classificado, com 11 pontos, um lugar e dois pontos abaixo do adversário desse dia.

Lusa

  • Morreu Miguel Beleza, antigo ministro das Finanças e governador do BdP
    1:34
  • "Estamos a ficar sem espaço. Está na hora de explorar outros sistemas solares"

    Mundo

    O físico e cientista britânico Stephen Hawking revelou alguns dos seus desejos para um novo plano de expansão espacial. Hawking está em Trondheim, na Noruega, para participar no Starmus Festival que promove a cultura científica. E foi lá que o físico admitiu que a população mundial está a ficar sem espaço na Terra e que "os únicos lugares disponíveis para irmos estão noutros planetas, noutros universos".

    SIC

  • Não posso usar calções... visto saias

    Mundo

    Perante a proibição de usar calções no emprego, um grupo de motoristas franceses adotou uma nova moda para combater o calor. Os trabalhadores decidiram trocar as calças por saias, visto que a peça de roupa é permitida no uniforme da empresa para a qual trabalham.

  • De refugiada a modelo: a história de Mari Malek

    Mundo

    Mari Malek chegou aos Estados Unidos da América quando era ainda uma criança. Chegada do Sudão do Sul, a menina era uma refugiada à procura de um futuro melhor, num país que não era o seu. Agora, anos depois, Mari Malek é modelo, DJ e atriz, e vive em Nova Iorque. Fundou uma organização sediada no país onde nasceu voltada para as crianças que passam por dificuldade, como também ela passou.