sicnot

Perfil

Desporto

Mourinho disse a árbitros do jogo com o West Ham que eram fracos

O treinador do Chelsea, José Mourinho, acusou os árbitros do encontro com o West Ham de serem fracos, o que levou a que fosse castigado com um jogo de suspensão na Liga inglesa de futebol.

Por ter sido expulso ao intervalo do encontro com o West Ham, Mourinho foi punido com uma suspensão de um jogo e multa de 56 mil euros, na sequência da conduta considerada imprópria.

Por ter sido expulso ao intervalo do encontro com o West Ham, Mourinho foi punido com uma suspensão de um jogo e multa de 56 mil euros, na sequência da conduta considerada imprópria.

© Reuters Staff / Reuters

De acordo com o relatório do árbitro, hoje tornado público pela Federação Inglesa de Futebol (FA), José Mourinho esteve no balneário da equipa de arbitragem, liderada por Jon Moss, ao intervalo do encontro com os 'hammers' para questionar os juízes sobre uma entrada de um jogador, um fora de jogo e um golo não validado ao Chelsea.

"Depois disto pedi-lhe para deixar o balneário. Ele recusou. Pedi-lhe de novo. Depois de ele recusar de novo, pedi ao sr. Sutton [chefe de segurança do West Ham] para o acompanhar para o exterior do balneário. Nesse momento, Mourinho tornou-se muito agressivo e agitado. Ele gritou que vocês árbitros são uns fracos. Wenger tem razão, vocês são fracos", lê-se no relatório do árbitro.

Por ter sido expulso ao intervalo do encontro com o West Ham, Mourinho foi punido com uma suspensão de um jogo e multa de 56 mil euros, na sequência da conduta considerada imprópria.

O Chelsea, que cumprirá a 12.ª jornada sábado, no terreno do Stoke City (onde foi eliminado, na passada semana para a Taça da Liga inglesa), é 15.º classificado, com 11 pontos, um lugar e dois pontos abaixo do adversário desse dia.

Lusa

  • Novo Banco vai reestruturar dívida de Luís Filipe Vieira
    1:22

    Desporto

    O Novo Banco vai reestruturar parte da dívida da empresa de Luís Filipe Vieira, que ronda os 400 milhões de euros. Parte dos ativos da empresa foram transferidos para um fundo para serem rentabilizados no prazo de cinco anos. Esse fundo está a ser gerido pelo vice-presidente do Benfica.

  • Dono de fábrica que ardeu na Anadia diz que produção não vai ser afetada
    2:04
  • Saco azul do BES pagou a 106 pessoas e 96 avenças ocultas
    2:21

    Economia

    Pelo menos 106 pessoas receberam dinheiro da Espírito Santo Enterprises, a companhia offshore criada nas Ilhas Virgens Britânicas e que terá funcionado como um gigantesco saco azul do Grupo Espírito Santo. O jornal Expresso revelou os primeiros vinte nomes da lista, entre os quais estão Zeinal Bava, antigo CEO da PT, e Manuel Pinho, ex-ministro da economia do Governo de José Sócrates.

  • Tragédia em Vila Nova da Rainha aconteceu há uma semana
    7:18
  • Doze meses de polémicas, ameaças e promessas
    3:52