sicnot

Perfil

Desporto

Espanhol Jorge Lorenzo é o campeão mundial de Moto GP

O espanhol Jorge Lorenzo é o campeão mundial de Moto GP. O piloto, de 28 anos, conquistou assim o terceiro título da carreira no Grande Prémio da Comunidade Valenciana, a última prova do mundial de velocidade.

KAI FOERSTERLING

No final, o piloto da Yamaha, disse que estava muito feliz, e que sofreu muita pressão durante a prova. Em segundo lugar ficou Marc Marquez e em terceiro Dani Pedrosa, ambos da Honda. Valentino Rossi, companheiro de equipa de Jorge Lorenzo ficou em quarto lugar.

O piloto da Yamaha já tinha vencido a competição em 2010 e 2012.

  • Marc Márquez revalida título de campeão mundial de Moto GP

    Desporto

    Marc Marquez revalidou o título de campeão mundial de Moto GP, apesar de ter teminado o Grande Prémio do Japão na segunda possição. Quando faltam três corridas para o final da temporada, o piloto espanhol da Honda já leva 82 pontos de avanço sobre Valentino Rossi e Dani Pedrosa, que estão empatados na segunda posição. O piloto de 21 anos é o mais jovem de sempre a conseguir dois títulos consecutivos na categoria. A corrida foi ganha por Jorge Lorenzo da Yamaha mas quem festejou mais foi Marquez.

  • Marc Marquez revalida o título de campeão mundial de Moto GP

    Desporto

    Marc Marquez revalidou o título de campeão mundial de Moto GP, apesar de ter teminado o Grande Prémio do Japão na segunda possição. Numa altura em que faltam três corridas para o final da temporada, o piloto espanhol da Honda já leva 82 pontos de avanço sobre Valentino Rossi e Dani Pedrosa, que estão empatados na segunda posição.

  • As vítimas do ataque de Londres

    Ataque em Londres

    O ataque desta quarta-feira ao Parlamento britânico em Londres fez quatro mortos, incluindo o atacante. Cerca de 40 pessoas de 11 países diferentes ficaram feridas, entre as quais 29 precisaram de ser levadas para o hospital, onde sete continuam em estado crítico.

    Ana Rute Carvalho

  • Inclusão social em Évora
    2:08

    País

    Mais de 40 empresas do distrito de Évora abriram as portas durante um dia a pessoas portadoras de deficiência. É ideia foi sublinhar a importância da  inclusão no mercado de trabalho.